Esgoto invade quintais de residências no Boa Vista

Enviado Direto da Redação
Helia teve que abrir vala no quintal para a passagem do esgoto

Helia teve que abrir vala no quintal para a passagem do esgoto

Foto: Alex Ramos

Por Marcela Freitas

O crescimento desordenado de moradias no Boa Vista, em São Gonçalo, está sobrecarregando a rede coletora de esgoto do bairro, que não suporta o desenvolvimento da região. Quem mais sofre como o problema são os moradores da Rua Magalhães Bastos, que é mais baixa que as outras vias, e recebe todo o esgoto das ruas próximas.

A pensionista Helia Regina de Menezes Pereira, 67 anos, precisou abrir uma vala dentro de seu quintal para que todo o esgoto fosse escoado. O esgoto que só era visto em dias de chuva, agora é visível em qualquer época do ano.

“As manilhas são pequenas e foram obstruídas pelas construções. O esgoto precisa escoar e minha casa, por ser baixa, recebe toda essa água suja. O que me assusta é que isso só acontecia em época de chuva e agora é constante. Temo o que será de nós nas próximas chuvas”, lamentou.

De acordo com a neta de Helia, a atendente Tatiana Menezes, 36, que reside no mesmo quintal, a família já sofreu com quatro enchentes. “Enquanto essa rua não receber o manilhamento adequado, vamos sempre sofrer com isso. A rua precisa de obras na rede de esgoto”, afirmou.

Ainda segundo Tatiana, além do esgoto, as torneiras no bairro também estão secas. “Se não bastasse conviver com esse esgoto na porta da nossa casa, ainda convivemos com a falta de água. Há uma semana estamos ligando para a Cedae que nada fez”, reclamou.


Veja também