O único clube astronomia de São Gonçalo pede socorro

Casal mantém, com recursos próprios, centro cultural voltado para astronomia, no Vila Lage

Escrito por Redação 28/11/2016 15:50, atualizado em 28/11/2016 10:00
Milton, junto com a esposa Maria das Graças, abre o espaço todo sábado à noite para visitação gratuita
Milton, junto com a esposa Maria das Graças, abre o espaço todo sábado à noite para visitação gratuita . Foto: Luiz Nicolella

Por Matheus Merlim


Você já teve a oportunidade de observar o céu gratuitamente através de um telescópio? Ou então, você já visitou uma exposição que conta com um acervo sobre os mais diversos campos da astronomia? Esse é um dos trabalhos do Centro Cultural Vila Lage, fundado pela professora e cientista social Maria da Graça Velho, em São Gonçalo. Mas, apesar da riqueza do material exposto, não tem sido fácil manter o local funcionando por falta de dinheiro em caixa, já que o espaço não possui nenhum vínculo com o poder público, nem recebe patrocínio privado.


Desde 2005, o local está com uma mostra permanente do Clube de Astronomia Leonardo Da Vinci, sobre curiosidades e informações do campo espacial, de curadoria e grande parte das obras feitas pelo coordenador escolar Milton Machado, marido de Maria da Graça. O casal, inclusive, montou uma espécie de “exposição itinerante”, mas sempre vê as portas fechadas quando o assunto é conseguir levar a astronomia para dentro das escolas.


“Tudo que a gente mais queria é ser convidado para levar esse material aos estudantes, já que não dá para receber todo mundo aqui, que é um espaço pequeno e só funciona no fim de semana. Já conseguimos expor em shoppings, feiras, mas seria legal estar nas escolas”, contou Maria das Graças. O centro cultural funciona sempre aos sábados, de 19h às 22h. Durante esse horário, é possível visitar a exposição e ter acesso ao telescópio, que fica no observatório no sobrado e ainda assistir a um filme no cineclube. Entre as principais atrações da mostra, estão experiências como visualizar o espectro da luz, olhar de pertinho a explicação de como funcionam as asas de um avião e até mesmo observar quadros dos planetas com óculos 3D. E o melhor de tudo: a maioria das peças tem um “dedo” de Milton.


“Sempre fui um mini-cientista. Quando era criança e se ouvisse falar de alguém tentando colocar um avião para voar, com certeza era eu. Sempre fui ligado em astronomia e comecei a montar o acervo quando tinha 18 anos. Grande parte das coisas foram compradas em feira, e outras reconstruo da sucata. Uso pets, madeiras e tudo que possa se tornar outra coisa”, disse Milton que montou o clube há quase 30 anos.


Durante todo esse tempo de trabalho no Vila Lage, um dos momentos mais difíceis para o casal foi em uma forte chuva de 2015. Uma parte do forro do primeiro cômodo desabou, eles precisaram se apertar para refazer o estrago.


“Peguei um empréstimo, ele pegou outro e contamos com a ajuda de alguns parentes. A gente gosta muito de fazer esse espaço funcionar. Nosso plantão é todo sábado aqui porque a gente quer ver as pessoas conhecendo mais sobre astronomia”, afirmou Maria das Graças.

/Milton, junto com a esposa Maria das Graças, abre o espaço todo sábado à noite para visitação gratuita
Milton, junto com a esposa Maria das Graças, abre o espaço todo sábado à noite para visitação gratuita. Foto por Luiz Nicolella
/Os visitantes podem observar a lua gratuitamente através do telescópio
Os visitantes podem observar a lua gratuitamente através do telescópio. Foto por Luiz Nicolella

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas