Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Covid-19: Maricá suspende aplicação da vacina monovalente por conta da falta de doses

Alteração temporária afeta o público geral a partir de 12 anos. Imunização infantil segue normalmente, assim como dos grupos prioritários

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 16 de janeiro de 2024 - 10:58
Medida facilitará o acesso à vacina
Medida facilitará o acesso à vacina -

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, suspendeu temporariamente a aplicação da vacina monovalente contra a Covid-19 em razão da falta de doses, entregues ao município pela Secretaria de Estado de Saúde.

A mudança atinge as pessoas com idade a partir de 12 anos que não façam parte dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde, seja para iniciar o esquema vacinal ou receber alguma das doses posteriores. Assim que forem recebidas novas remessas, a vacinação com a monovalente será retomada para esse grupo.

No momento, a vacina bivalente está sendo aplicada somente nos públicos prioritários no município, evitando desabastecimentos pontuais. A vacinação acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, nas USF Jardim Atlântico, Central e São José 2, assim como nas USF Marinelândia e Chácara de Inoã das 9h às 16h. Às segundas-feiras, das 9h às 16h, também é possível receber a dose de proteção à Covid-19 na Unidade Móvel de Saúde, que fica estacionada no bairro Caxito.


Leia também: 

Madrinha da Acadêmicos de Niterói, Thay Magalhães ensaia debaixo de chuva

Integração Metropolitana colabora com Prefeitura do Rio em apoio às vítimas das chuvas


Em relação aos públicos prioritários, o Ministério da Saúde orienta que a vacinação seja semestral para pessoas com 60 anos ou mais, imunossuprimidos a partir de 12 anos, gestantes e puérperas. Em outra frente, receberão a vacina anualmente: indígenas, quilombolas, ribeirinhos, trabalhadores de saúde, pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores, pessoas com comorbidades, pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua.

Vacinação infantil continua

A imunização das crianças de seis meses a 4 anos com a Pfizer baby também segue normalmente, assim como dos pequenos de 5 a 11 anos. Para essas faixas etárias, a aplicação da vacina contra a Covid-19 acontece às segundas-feiras, das 9h às 18h, na Unidade de Saúde da Família (USF) Barroco; às terças-feiras, das 9h às 18h, na USF Inoã 2; às quintas-feiras, das 9h às 16h, na USF Elenir Umbelino de Mello (Flamengo); e na USF Bambuí às sextas-feiras, também das 9h às 16h.

Matérias Relacionadas