Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9953 | Euro R$ 5,4069
Search

Bicheiro José Luis Escafura, o Piruinha, é internado no Rio

Ele deu entrada no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, com pancreatite

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 10 de dezembro de 2023 - 09:13
José Caruzzo Escafura, o Piruinha
José Caruzzo Escafura, o Piruinha -

José Caruzzo Escafura, conhecido como Piruinha, aos 94 anos, está hospitalizado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, desde sexta-feira (8), em tratamento para uma pancreatite. Seu estado de saúde ainda não foi detalhado até o momento desta reportagem. As informações são do G1. 

Piruinha, renomado no universo do jogo do bicho do Rio de Janeiro, foi preso no ano passado durante uma operação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público do Rio de Janeiro sob suspeita de ser o mandante de um homicídio ocorrido em julho de 2021 na Vila Valqueire.


Leia mais:

Caso Porto Real: mãe e madrasta são condenadas a 57 anos de prisão por tortura e morte de menina de seis anos

Deputada Tabata Amaral fica ferida após tentativa de assalto



Sua trajetória é abordada na série documental "Vale o Escrito", do Globoplay, que explora os meandros da contravenção no RJ.

Em 2022, quando foi detido, Piruinha tinha controle sobre as atividades do jogo do bicho em áreas como Madureira, Abolição, Cascadura, Maria da Graça, Piedade e Inhaúma, de acordo com informações do Ministério Público.

Antes de se envolver com o jogo do bicho, Escafura trabalhou como motorista de lotação nos anos 1950. Mais tarde, passou a administrar bancas nas regiões da Piedade, Abolição e Inhaúma, onde exerceu grande influência durante o auge do jogo. Ele permanece morando nessa região até os dias atuais.

Piruinha chegando preso na Delegacia de Homicídios da Barra da Tijuca
Piruinha chegando preso na Delegacia de Homicídios da Barra da Tijuca |  Foto: Reprodução

Desde a década de 1970, Piruinha dominava o jogo do bicho em áreas como Madureira, Cascadura, Abolição, Piedade, Inhaúma e Maria da Graça, após a divisão territorial entre os principais banqueiros da cidade.

Ele foi um dos 14 banqueiros presos e condenados em 1993 pela juíza Denise Frossard, da 14ª Vara Criminal, por formação de quadrilha armada. Posteriormente, a sentença foi modificada pelo Supremo Tribunal Federal, reduzindo as penas pela metade e excluindo acusações de tráfico de drogas e tortura por falta de provas.

Apesar de não ter vínculos com escolas de samba, Piruinha não era menos reconhecido por suas atividades violentas. Além do jogo do bicho, ele explorava outros negócios, como motéis na Zona Oeste.

O bicheiro também foi investigado por suposto envolvimento com uma quadrilha de abortos clandestinos.

Em 2017, seu filho Haylton Carlos Gomes Escafura foi encontrado morto em um hotel na Barra da Tijuca, ao lado de sua esposa, a policial militar Franciene de Souza. A polícia alegou que a execução foi motivada pela disputa por pontos de venda de máquinas caça-níqueis, enquanto Haylton tentava recuperar territórios do jogo do bicho em Cascadura e Abolição. Haylton foi condenado a 14 anos de prisão por envolvimento com o jogo do bicho.

Matérias Relacionadas