Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Salva-vidas da Baixada vira personagem de tirinhas no Rio

Amigo peruano resolveu transformar histórias do bombeiro em quadrinhos

relogio min de leitura | Escrito por Lara Neves | 23 de maio de 2023 - 11:17
Ilustração mostra dedicação do salva-vidas
Ilustração mostra dedicação do salva-vidas -

Com o objetivo de contar as histórias dos resgates e transmitir uma mensagem de conscientização para a população, um artista peruano transformou o amigo salva-vidas de São João de Meriti em personagem de histórias em quadrinho.

Tirinhas conscientizam a população sobre os riscos do mar
Tirinhas conscientizam a população sobre os riscos do mar |  Foto: Reprodução
 

O professor de idiomas e tradutor Alfonso Málaga, de 40 anos, é peruano mas mora na cidade do Rio desde 2007. Há alguns meses ele começou a pintar aquarelas e neste ano resolveu se aventurar no desenho digital. Há cerca de dois meses, ele fez a primeira arte do seu amigo guarda-vidas Flávio Azevedo e, com a repercussão positiva, o projeto ganhou continuidade.

Steel Red é inspirado no bombeiro guarda-vidas Flávio
Steel Red é inspirado no bombeiro guarda-vidas Flávio |  Foto: Reprodução
 

"Há um tempo venho fazendo uma série de artes em homenagem ao nobre trabalho dos amigos guarda-vidas. Com o desenho do Flávio, surgiu a ideia de criar um personagem para contar as histórias dos resgates e transmitir uma mensagem de conscientização para a população através do desenho", diz.

As artes de Alfonso têm sido publicadas no seu perfil do Instagram e no YouTube. Por meio da redes, os desenhos ganham ainda mais visibilidade, o que fortalece o ponto de levar uma informação importante para o público.

"A maioria das pessoas não tem conhecimento do comportamento do mar e, por falta desse entendimento, acaba acontecendo muitos resgates. Nosso trabalho é interativo e o legal é poder atingir todos os públicos, desde os mais velhos aos mais jovens. E como no final sempre tem a moral da historia, a gente consegue reafirmar a relevância do trabalho e facilitar a absorção da informação", afirma.

As crônicas ilustradas podem ser acompanhas através do perfil do artista e professor peruano
As crônicas ilustradas podem ser acompanhas através do perfil do artista e professor peruano |  Foto: Reprodução
 

O bombeiro guarda-vidas Flávio, de 27 anos, que virou o personagem ilustrado, se diz muito honrado e satisfeito com a representação da sua profissão, afinal eles sacrificam a própria vida para salvar outras vidas.

"A parte mais desafiadora do meu trabalho é estar exposto ao risco diariamente. O mar é grandioso e não sabemos o que nos espera a cada dia. O meu orgulho maior é poder sentir o reconhecimento da população e servir a todos dando o meu melhor sempre", revela.

O bombeiro conta as suas histórias diárias vividas na Praia do Recreio ao amigo desenhista e, juntos, criam os quadrinhos. Na arte de estreia, há um momento extremamente dramático e inspirado em fatos: um pai fica desesperado porque os seus três filhos estavam se afogando. Porém o personagem Steel Red, unido à equipe de mais dois colegas, consegue fazer o resgate.

Mas, para os dois criadores, a essência e a parte fundamental dos desenhos é poder ensinar de forma lúdica o respeito e cuidado com o mar e a valorização da profissão de salva-vidas.

"A ideia primordial é instruir", afirma Flávio.

As crônicas ilustradas podem ser acompanhas através do perfil do artista e professor peruano: @alfonso_art.

Matérias Relacionadas