Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,0475 | Euro R$ 5,3332
Search

Secretaria de Educação de São Gonçalo faz evento para incentivar inclusão

Alunos vivenciaram os desafios e a rotina de pessoas com deficiência visual

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 27 de abril de 2023 - 12:39
Evento também celebrou os dias Internacional do Cão-guia e Nacional do Sistema Braille
Evento também celebrou os dias Internacional do Cão-guia e Nacional do Sistema Braille -

Com o objetivo de promover a inclusão e celebrar os dias Internacional do Cão-guia e Nacional do Sistema Braille, a Coordenação de Inclusão da Secretaria de Educação da Prefeitura de São Gonçalo realizou, nesta quarta-feira (26), uma manhã de atividades para que alunos de quatro escolas que possuem alunos com deficiência visual em suas turmas pudessem vivenciar os desafios e o dia a dia de seus colegas.

O evento contou com a palestra do professor Miguel Christino, do Instituto Carioca Cão-guia, exposição de medalhas do paratleta Matheus da Cunha, bate-papo sobre a importância do sistema Braille, oficina de futebol de cinco, audição de histórias no audiobook, entre outras atividades que simulam situações enfrentadas por pessoas com deficiência visual em sua vida.

“Quando a gente mostra a dificuldade do deficiente visual e faz com que os alunos tenham essa experiência, eles aprendem a se colocar no lugar do outro. Isso muda a pessoa como indivíduo, faz com que ela auxilie outras pessoas e, desta forma, a gente está realizando a inclusão. É importante sempre mostrar que há possibilidade de que todos participem de todas as atividades”, disse a coordenadora de Educação Inclusiva, Verônica Amorim.

O audiobook arrancou muitas gargalhadas do aluno Ezequiel Lima, de 9 anos, da Escola Estadual Municipalizada Professora Niuma Goulart Brandão, no Salgueiro. Pessoa com baixa visão, ele nunca tinha passado pela experiência de ouvir uma história em um equipamento pensado para suas necessidades.

“A história é muito boa, eu adorei, me diverti. Nunca tinha ouvido uma história assim, no fone de ouvido, eu gostei muito. Foi muito legal e da próxima vez eu vou querer vir de novo”, afirmou o aluno.

Matérias Relacionadas