Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Deputada se abriga de tiroteio e interrompe evento no Complexo da Maré

A parlamentar Renata Souza (Psol) participava de um encontro em uma instituição

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 14 de abril de 2023 - 18:54
Deputada Renata Souza se abriga em ONG na Maré durante tiroteio
Deputada Renata Souza se abriga em ONG na Maré durante tiroteio -

Um tiroteio, na tarde desta sexta-feira (14), interrompeu um evento realizado na Casa de Mulheres da Maré, na Zona Norte do Rio. A deputada estadual Renata Souza (Psol) era uma das convidadas e precisou se abrigar, junto a 70 mulheres que participavam do encontro, por conta dos disparos, que, segundo elas, partiu de um helicóptero da Polícia Militar.

De acordo com a corporação, uma operação da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas foi realizada no Complexo da Maré nesta sexta-feira.

A deputada, que é presidente da Comissão de Defesa dos Direitos das Mulheres da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), esteve presente no lançamento da pesquisa "Os impactos da violência armada na vida das mulheres da Maré: gênero, território e prática artística”, realizada pela ONG Redes da Maré.

Com o tiroteio, o encontro precisou ser interrompido e as participantes, incluindo Renata Souza, se abrigaram dentro da sede da ONG. A deputada afirma que não foi a primeira vez que viveu essa situação, que definiu como "aterrorizante", mas, como deputada, foi a primeira experiência do tipo.

"Precisamos de segurança, com inteligência, investigação e prevenção de tiroteios. Não se combate a violência com mais violência. A política de confronto nunca garantiu segurança e paz na favela", disse.

A parlamentar também gravou um vídeo, enquanto estava sentada no chão da ONG, cobrando o governador Cláudio Castro (PL).

"O que a gente está vendo aqui hoje é, de fato, a situação limite. Vivi muito isso aqui no cotidiano e, hoje, viver isso aqui, é a demonstração que o governador Cláudio Castro não garante segurança para quem vive na favela, na periferia", afirmou a deputada na gravação.

Em vídeos compartilhados nas redes sociais, circulam imagens de um helicóptero sobrevoando a comunidade, junto ao som de tiros.

Matérias Relacionadas