Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Operação Semana Santa: PRF combate excesso de velocidade em rodovias de todo o país

Excesso de velocidade está entre as cinco principais causas de acidentes registrados no feriado do ano passado pela Polícia Rodoviária Federal

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 06 de abril de 2023 - 10:35
Os feriados nacionais permitem que brasileiros das cinco regiões do país possam viajar por mais dias consecutivos
Os feriados nacionais permitem que brasileiros das cinco regiões do país possam viajar por mais dias consecutivos -

 Desde zero hora desta quinta-feira (6), a Polícia Rodoviária Federal realiza a Operação Semana Santa 2023. Até as 23h59 do próximo domingo (9), o efetivo de policiais estará reforçado para garantir a segurança viária nos 26 estados e no Distrito Federal.

Os feriados nacionais permitem que brasileiros das cinco regiões do país possam viajar por mais dias consecutivos. Na prática, para a PRF, as datas representam aumento direto no fluxo de veículos, o que pode resultar em mais ocorrências. Por isso, neste período, as equipes mobilizadas ao longo dos mais de 75 mil quilômetros de rodovias federais intensificam a fiscalização para coibir infrações, crimes e desenvolver ações educativas.

Para a Operação Semana Santa deste ano, o foco está na fiscalização sobre o excesso de velocidade – responsável por 21.980 infrações no feriado de 2022. Os policiais atuam com radares móveis e fazem campanhas educativas para conscientizar os motoristas e diminuir mortos e feridos em relação ao ano passado. A falta do cinto de segurança e a mistura álcool e direção também são alvos da Operação.

“As ações de fiscalização desenvolvidas pela PRF na Operação Semana Santa estão direcionadas ao combate ao excesso de velocidade. Motoristas insistem em desrespeitar os limites de velocidade e oferecem riscos a eles e aos outros usuários das rodovias. Por isso, o trabalho feito com radares móveis e ações educativas evitam acidentes e preservam vidas” – destaca o Diretor de Operações da Polícia Rodoviária Federal, Marcus Vinícius Silva de Almeida.

Matérias Relacionadas