Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Mulher quase morre ao comer molho pesto contaminado

Ela ficou quase um ano internada após contaminação

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 02 de abril de 2023 - 15:27
Amostras contaminadas foram encontradas em molho pesto que estava em sua geladeira
Amostras contaminadas foram encontradas em molho pesto que estava em sua geladeira -

Uma moradora do Distrito Federal ficou quase um ano internada após se contaminar com a bactéria que causa botulismo. Amostras contaminadas foram encontradas em molho pesto que estava em sua geladeira.

A servidora pública de 46 anos foi diagnosticada com a infecção bacteriana grave e sofreu com diversas complicações médicas durante período em que passou no hospital.

Logo no início da internação, Doralice Carneiro precisou ser submetida a uma traqueostomia e algumas complicações foram surgindo. Seus órgãos chegaram a parar, ficando apenas o cérebro e coração em pleno funcionamento.

A servidora também quase teve uma infecção generalizada, e durante a internação precisou fazer hemodiálise e transfusões de sangue, e contraiu Covid-19 e uma superbactéria.

A bactéria que quase a matou foi a Clostridium botulinum. Ela produz uma toxina que, mesmo se ingerida em pequenas quantidades, pode intoxicar se forma grave em poucas horas.

O botulismo pode ser desenvolvido após uma pessoa ingerir alimentos contaminados, que foram produzidos ou armazenados de forma inadequada. Os alimentos mais comuns a serem contaminados são conservas vegetais, sobretudo as artesanais, carne e pescados defumados.

Matérias Relacionadas