Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Morre aos 105 anos última enfermeira da Força Expedicionária Brasileira

Virginia Portocarrero esteve em solo italiano durante a Segunda Guerra Mundial e ajudou a salvar a vida de muitos brasileiros feridos no campo

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 30 de março de 2023 - 19:09
A enfermeira nasceu em 1917 na cidade do Rio de Janeiro, e se apresentou voluntariamente para a FEB
A enfermeira nasceu em 1917 na cidade do Rio de Janeiro, e se apresentou voluntariamente para a FEB -

Foi confirmada nesta quarta-feira (30) a morte da última enfermeira a participar da Força Expedicionária Brasileira (FEB) durante a Segunda Guerra Mundial. Nacionalmente reconhecida, Virgínia Maria de Niemeyer Portocarrero dedicou a vida para cuidar de jovens brasileiros feridos no campo de batalha . A informação da morte foi dada pelo Comando Militar do Leste. 

A enfermeira nasceu em 1917 na cidade do Rio de Janeiro, e se apresentou voluntariamente para a FEB, onde hoje é o Palácio Duque de Caxias, no Centro da cidade. Após realizar o Curso de Emergência de Enfermeiras da Reserva do Exército em 1944, foi convocada como Enfermeira de 3ª Classe para atuar em solo italiano. 

Virginia Portocarrero foi uma das cinco enfermeiras precursoras durante a guerra e a que mais esteve no Teatro de Operações da Itália. Lá, serviu na seção brasileira dos hospitais norte-americanos. Por sua participação no conflito, ela recebeu a Medalha de Campanha e a Medalha de Guerra.

O corpo da enfermeira será velado e sepultado no Mausoléu da FEB, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. A data e horário não foram divulgadas pela família.

Matérias Relacionadas