Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Único sobrevivente de acidente que matou família em Guapimirim deixa CTI

Christian Lima Correa, de 16 anos, deixou o CTI e foi para a enfermaria

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 29 de março de 2023 - 17:40
Adolescente já consegue caminhar
Adolescente já consegue caminhar -

O único sobrevivente do acidente que vitimou uma família na BR-493, na altura de Guapimirim, Christian Lima Correa, de 16 anos, deixou a CTI e foi transferido para enfermaria, nesta terça-feira (28). Ele segue internado no Hospital municipalizado Adão Pereira Nunes (HMAPN), em Duque de Caxias.

Christian já estaria andando e apresentou uma boa evolução nas últimas 48 horas. Ele teria sido informado, inclusive, sobre a morte de seus pais e de seus cinco irmãos. Agora, ele seguirá sob os cuidados de seus avós paternos.

A avó do jovem, Valéria Correa, disse que ele tomou banho pela primeira vez desde que deu entrada no hospital no dia 18 de março, depois do acidente com a carreta que colidiu com o carro da sua família. Ele teve politraumatismo, com sangramento intracraniano e lesão renal.

Apesar da melhora gradativa, o adolescente seguirá internado na Baixada Fluminense, com acompanhamento de cirurgiões e neurocirurgiões, e ainda não tem previsão de alta. Segundo boletim médico divulgado na manhã desta quarta-feira (29), Christian está "estável hemodinamicamente, com bom padrão respiratório, boa saturação, em ar ambiente".

A batida, que aconteceu na altura do km12 da estrada, na altura Vale das Pedrinhas, matou Leticia Gabrielle Fernandes de Lima, de 32 anos, Jhonatan Guimarães Corrêa, de 35, pais de Christian, e Gabrielle Lima Corrêa, de 10, Isaque Lima Corrêa, de 8, Enzo Gabriell Lima Corrêa, de 5, e Larissa Lima Corrêa, de 1 ano, irmãos do jovem.

Matérias Relacionadas