Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2141 | Euro R$ 5,5468
Search

CRMV-RJ denuncia médico-verterinário que faz atendimentos em domícilio

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro informa que procedimentos oferecem risco aos animais. Caso aconteceu em Araruama, na Região dos Lagos

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 22 de fevereiro de 2023 - 15:34
Homem é denunciado ao Ministério Público por atender animais em casa
Homem é denunciado ao Ministério Público por atender animais em casa -

Um homem que se autointitula médico-veterinário foi denunciado pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV-RJ) ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ). Autarquia fez denúncia após saber que o homem estava realizando procedimentos em domicilios no município de Araruama, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Além dos atendimentos, o homem realiza também cirurgias clandestinas nos domicilios dos responsáveis por animais, além de executar outras atividades privativas da profissão, como consultas, exames e internações.

Por meio de publicação em sua página nas redes sociais, o CRMV-RJ se pronunciou dizendo que tais procedimentos realizados em casa não estão de acordo com o que é solicitado ao profissional para o exercício da profissão.

"O fato do procedimento acontecer em domicílios representa um grave risco à saúde pública e ao bem-estar animal, configurando crime ambiental pois as seringas e restos de peças cirúrgicas são descartadas no lixo domiciliar", explicou a postagem feita na terça-feira (21).

A autarquia esclareceu ainda que somente médicos-veterinários que possuam registro no CRMV-RJ tem  direito a exercer a profissão, sem o risco de estar cometendo uma contravenção penal; e advertiu aos responsáveis pelos animais mais cautela na hora de contratar um profissional.

Segundo o post, o CRMV-RJ vê com preocupação a atução do suposto médico na região e disse estar na busca da excelência da Medicina Veterinária em prol da sociedade e na valorização dos quase 20 mil médicos-veterinários inscritos na autarquia. 

Matérias Relacionadas