Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,1937 | Euro R$ 5,5292
Search

Famílias começam a receber auxílio habitacional temporário em São Gonçalo

O auxílio de R$ 600 será concedido às famílias por um período de até 12 meses

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 19 de fevereiro de 2023 - 08:25
População está sendo atendida nos CRAS e nas escolas
População está sendo atendida nos CRAS e nas escolas -

Famílias já  estão recebendo o Auxílio Habitacional Temporário, destinado para aqueles que ficaram desabrigados e estão com laudo de interdição da residência da Defesa Civil. O auxílio de R$ 600 será concedido às famílias por um período de até 12 meses. Nos casos de pessoas que moram de aluguel, o benefício será concedido por três meses. 

O cadastramento segue sendo realizado em seis pontos, das 9h às 17h, inclusive durante o Carnaval. Os locais de atendimento para o cadastro são os seguintes: 

. Colégio Estadual Professora Luiza Honória do Prado – Rua Waldir dos Santos, 64, Engenho Pequeno.

. PAB (Auxílio Brasil) – Rua Sá Carvalho, 1241, Brasilândia.

. Cras Venda da Cruz – Rua Dr. Porciúncula 395, Venda da Cruz, antigo 3º BI. 

. Cras Alcântara – Rua Oscar Lourenço, 632, Jardim Alcântara.

. Cras Arsenal – Avenida Eugênio Borges, s/n, Arsenal.

. Cras Neves – Rua Lenor, 108, Porto Velho

Para a realização do cadastro é necessário levar em um dos seis pontos os seguintes documentos: notificação da Defesa Civil que comprove a interdição da residência, o Número de Identificação Social (NIS), documento de propriedade ou posse do imóvel, documento de RG e CPF, certidão de nascimento ou casamento e dados da conta bancária.  

Imagem ilustrativa da imagem Famílias começam a receber auxílio habitacional temporário em São Gonçalo
 

Até o final desta sexta-feira, havia 271 desabrigados nos sete pontos de apoio da cidade. As pessoas que estavam provisoriamente no salão de festas Shalom foram encaminhadas para o Colégio Municipal Amaral Peixoto, no Lindo Parque, e aqueles que estavam no PX Clube foram para o CIEP E E João Tarcísio Bueno, no Patronato. Nas unidades, eles estão recebendo café da manhã, almoço e janta, cesta básica, kit limpeza e higiene, além do auxílio na retirada de documentação e o laudo da Defesa Civil. 

Equipes das secretarias de Assistência Social, Conservação, Desenvolvimento Urbano, Gestão Integrada e Projetos Especiais e a subsecretaria de Defesa Civil se reuniram em uma força-tarefa logo nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (17) para definir o planejamento de ações para o dia. 

Os serviços de limpeza, assistência social e vistorias continuarão sendo feitos durante o período de Carnaval.

Matérias Relacionadas