Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,1515 | Euro R$ 5,5085
Search

10 dicas da Serasa Experian para empreendedores se livrarem da inadimplência

Renegociar dívidas e reajustar o planejamento financeiro são ações imprescindíveis

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 15 de fevereiro de 2023 - 09:42
Dicas são importantes para as dívidas não virarem uma "bola de neve"
Dicas são importantes para as dívidas não virarem uma "bola de neve" -

Segundo dados mais recentes da Serasa Experian, a inadimplência atingiu 644 milhões de negócios em dezembro no Brasil, sendo 5,73 milhões apenas micro e pequenas empresas (MPE). De acordo o vice-presidente de PME da mesma companhia, Cleber Genero, esse cenário é assustador para quem empreende e, para que não vire uma bola de neve, é importante manter a calma e agir com estratégia.

“A principal conduta é parar e realizar um planejamento financeiro para entender o que está acontecendo com as finanças da empresa”, explica.

Para auxiliar na trajetória de cuidar da saúde financeira de seus negócios, a Serasa Experian separou sete dicas para os empreendedores se organizarem como parte da playlist Bora Empreender no YouTube e que estão disponíveis abaixo: 

1.    Mapeie todas as dívidas da empresa para ter uma visão realista da situação financeira;

2.    Defina seus gastos mensais e veja o que pode ser reduzido ou eliminado. Quando a situação envolve dívidas, o primeiro passo é apertar os cintos e enxugar os gastos. A Serasa Experian dispõe de uma série de conteúdos sobre planejamento financeiro no blog que podem auxiliar no processo;

3.    Organize todas as informações financeiras do negócio e ajuste o orçamento para a realidade e capacidade de pagamento da empresa;

4.    Separe as contas pessoais das contas empresariais. Por impulso ou despreparo, muitas pessoas tendem a misturar as finanças próprias com as do negócio, o que é um erro, pois pode complicar para os dois lados;

5.    Renegocie suas dívidas! A Serasa possui o Limpa Nome, programa que oferece condições especiais para as pessoas regularizarem sua situação financeira com mais de 200 parceiros. Saiba mais clicando aqui;

6.    Acompanhe e monitore seu CNPJ e o CPF com o Saúde do Seu Negócio, ferramenta que envia alertas em tempo real sobre consultas e negativação, além de oferecer visibilidade do diagnóstico da empresa;

7.    Acompanhe o Score CNPJ, pois tudo que será feito a partir do planejamento, pode afetá-lo. Ele serve como um termômetro para a situação financeira da empresa;

8.    Faça um planejamento e defina as metas da companhia por meio da tecnologia SMART: específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e temporais. Trata-se de um conceito aplicável para qualquer segmento de negócio em todas as situações;

9.    Monitore o fluxo de caixa do empreendimento com o novo plano financeiro em andamento e certifique-se que tudo está ocorrendo bem. Caso seja necessário, reajuste a rota para atingir os objetivos;

10. Fique de olho no CNPJ da sua empresa! Isso reduz a incidência de fraude e insegurança ao mercado, facilita a contratação de crédito. 

Além de uma área voltada exclusivamente para atender as necessidades das pequenas e médias companhias brasileiras, a Serasa conta com o blog que dispõe de uma série de conteúdos gratuitos para quem precisa de ajuda para começar a empreender, incrementar as vendas, e conquistar mais clientes. Clique aqui para acessar.

Matérias Relacionadas