Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,1937 | Euro R$ 5,5292
Search

UERJ firma novo convênio com o Governo Japonês para instalação de laboratório midiático

Dentre as propostas enviadas de diversos países ao Governo, a da UERJ foi selecionada no ano de 2022

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de fevereiro de 2023 - 14:17
Cônsul do Japão será recebido na próxima segunda-feira (6)
Cônsul do Japão será recebido na próxima segunda-feira (6) -

Na próxima segunda-feira, dia 6 de fevereiro, o Magnífico Reitor Mário Sérgio Alves Carneiro da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) receberá a ilustre visita do Exmo. Cônsul-Geral do Japão no Rio de Janeiro Sr. Ken Hashiba, no auditório da Reitoria, para firmar um termo de doação, em cerimônia a ser realizada às 11h.

 A doação, intermediada pelo Consulado-Geral do Japão no Rio de Janeiro, consiste na concessão de recursos do povo japonês por meio do programa governamental APC – Assistência a Projetos Culturais, cujo objetivo é aprofundar a compreensão mútua e a amizade entre o Japão e outros países.

Dentre as propostas enviadas de diversos países ao Governo, a da UERJ foi selecionada no ano de 2022. Trata-se da implementação de uma sala modelo a ser instalada no Programa de Pós-graduação em Direito (PPGD) com recursos de multimídia, videoconferência, realidade virtual, além de sistemas audiovisuais de última geração e estrutura para interpretação simultânea. A sala abrigará concomitantemente a Cátedra Fujita-Ninomiya para o Programa de Estudo do Desenvolvimento Japonês, no âmbito do convênio firmado entre a UERJ e a Japan International Cooperation Agency – JICA, em março de 2022.

O projeto da sala modelo, de caráter interdisciplinar, foi concebido e desenvolvido conjuntamente ao longo do ano de 2022 pelo PPGD, o Setor de Japonês do Instituto de Letras e o Global Japan Office, escritório da Universidade de Estudos Estrangeiros de Tóquio (TUFS) na UERJ.

Por meio deste apoio do Governo Japonês, segundo a reitoria, espera-se que a UERJ se torne um polo para estudos japoneses no Brasil e que a compreensão sobre o Japão se expanda não apenas no nível acadêmico, mas para além dos muros da Universidade.

SERVIÇO

Projeto de Sala Modelo para Desenvolvimento dos Estudos Japoneses da UERJ

Cerimônia de termo de doação

Data: 06 de fevereiro de 2023 (segunda-feira) às 11h

Local: Auditório da Reitoria – térreo, Bloco F

Sala Modelo para Desenvolvimento dos Estudos Japoneses da UERJ

   A sala modelo terá dentre seus objetivos:

• Promover atividades de ensino, pesquisa e extensão universitária, tais como disciplinas, cursos, seminários e aulas de graduação e pós-graduação, com docentes e discentes fisicamente presentes na sala e também no Japão ou em qualquer outra parte do mundo, de forma simultânea;

• Promover a realização de pesquisas conjuntas que contribuam para o futuro da sociedade brasileira e da comunidade internacional, por meio da compreensão da história e da experiência do desenvolvimento do progresso japonês;

• Desenvolver a área de estudos japoneses na UERJ, com o fim de estreitar a relação bilateral entre o Japão e o Brasil;

• Fomentar o estudo do direito japonês na UERJ e do direito brasileiro e latino-americano no Japão;

• Prestar auxílio jurídico a brasileiros residentes no Japão e em outros locais do mundo, de forma remota, como atividade da prática jurídica por parte dos alunos da Faculdade de Direito, tendo em vista a enorme comunidade brasileira no Japão que ultrapassa os 210.000 pessoas;

• Oferecer cursos sobre o Direito do Japão a alunos da Faculdade de Direito e do PPGD-UERJ, com a participação de professores convidados, de forma remota;

• Promover publicações internacionais em revistas científicas;

• Realizar bancas de defesa de trabalhos finais de graduação, Mestrado e Doutorado, com a possibilidade da presença de participantes de forma remota, bem como viabilizando sua gravação e transmissão ao vivo, em sistema de live streaming;

• Realizar entrevistas e seleção de pesquisadores e candidatos a intercâmbio japoneses e estrangeiros que desejem estudar no Brasil e na UERJ;

• Promover estágios para discentes da UERJ nos escritórios da JICA Brasil e nos projetos de Cooperação Técnica da JICA;

• Realizar treinamento e cursos de intérpretes simultâneos utilizando-se da estrutura própria edificada na Cátedra para tal atividade, com base na norma ISO 4043;

• Oferecer uma sala com tecnologia de ponta, dotada de recursos audiovisuais e de videoconferência de última geração, a todos os demais setores e institutos da UERJ.          

Matérias Relacionadas