Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,2113 | Euro R$ 5,5412
Search

Centro de Reabilitação de Neves amplia atendimentos

Números de consultas e procedimentos têm aumento significativo

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de fevereiro de 2023 - 08:57
Em 2022, foram realizados quase 100 mil procedimentos
Em 2022, foram realizados quase 100 mil procedimentos -

Um espaço completo para a reabilitação física, intelectiva e visual. Assim é o Centro Especializado em Reabilitação (CER III), localizado em Neves, São Gonçalo. O local, que oferece tratamento para aqueles que têm deficiências, sequelas e transtorno do espectro autista (TEA), de média e alta complexidade, viu os atendimentos dobrarem e os procedimentos quintuplicarem entre os anos de 2021 e 2022.

No ano de 2021 foram realizados 14.138 atendimentos e 17.238 procedimentos. Em 2022, foram realizados 33.752 atendimentos e 94.565 procedimentos.

“Os investimentos em equipe técnica vão continuar em 2023 para atender a crescente demanda do município. Novos serviços e contratações estão em projetos futuros, como aumento da equipe técnica e equipamentos para a realização de exames clínicos que ajudem no diagnóstico dos usuários”, adiantou a diretora do CER III, Micheli Samary.

Atualmente, a equipe multiprofissional técnica do CER III é formada por equipes de enfermagem, fonoaudiólogo, psicólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, nutricionista, musicoterapeuta, psicopedagoga, assistente social, transcritora de braile e intérprete de libras. O local ainda conta com as seguintes especialidades médicas: neuropediatra, neurologista, pediatra, oftalmologista, otorrinolaringologista e ortopedista.

“Em 2022, novas condutas terapêuticas foram implantadas como a equipe multidisciplinar, que tem a finalidade de promover critérios de elegibilidade para o início das atividades dos usuários de média e alta complexidades. Também inauguramos o Ponto Azul, que acolhe os responsáveis pelos autistas mensalmente. E a Sala de Espera, onde começa o contato do usuário com os profissionais da saúde para amenizar o desgaste físico e emocional dos familiares enquanto aguardam pelo atendimento”, explicou Micheli Samary.

A atenção e os cuidados com a reabilitação têm o objetivo de desenvolver e estimular através das atividades e tratamentos oferecidos, os potenciais físico, psicossocial e visual de cada paciente que, normalmente, chegam após fraturas, acidentes de trânsito, acidente vascular cerebral e traumatismos, por exemplo. Autistas e deficientes também têm tratamento na unidade.

“A reabilitação física trabalha as limitações motoras dos pacientes com a fisioterapia e terapia ocupacional. A intelectiva, cognitiva e visual são trabalhadas também pela equipe multidisciplinar, objetivando adquirir conhecimentos e desenvolvendo emoções, tendo como base o raciocínio, cognição, linguagem e memória, dentre outros. Para os pacientes com alteração visual é oferecido a intérprete de Braile para a inclusão das atividades da vida diária”, explicou Micheli.

Apesar de não tratar os deficientes auditivos, a unidade de saúde disponibiliza intérprete de Libras, dando informações e os inserindo no sistema da Central de Regulação da Secretaria de Saúde de São Gonçalo para serem atendidos.

Como ter acesso – Todo atendimento realizado no CER III é feito após a inserção na Central de Regulação da Semsa. Assim, o paciente deve, primeiro, procurar uma unidade de saúde para marcar consulta com um médico generalista, que vai avaliar os casos e pode encaminhar para o especialista.

Após ter o encaminhamento do médico generalista ou profissional habilitado, o paciente ou responsável pode dar entrada com o pedido em qualquer posto de saúde, policlínicas e clínicas municipais, que vão inserir o paciente na Central de Regulação. É a própria regulação que vai determinar se ele é elegível para o tratamento no CER III ou se será atendido em outro local. Lembrando que o atendimento no centro especializado atende média e alta complexidades.

É necessário que os pacientes mantenham um telefone que funcione e esteja atualizado no cadastro. O contato e endereço do morador também podem ser atualizados em qualquer unidade de saúde. Se houver alguma pendência no pedido, os funcionários das unidades de saúde avisam ao paciente para que regularize a situação. Com qualquer pendência, o paciente não é chamado.

Após a regulação confirmar o atendimento no CER III, o paciente passa por nova avaliação da equipe multiprofissional do espaço, que vai definir para qual setor do CER III o paciente é elegível e direcionar para os tratamentos necessários.

Matérias Relacionadas