Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Caso Daniel Alves: jovem que acusa o jogador de agressão sexual recusa indenização

A juíza que investiga o caso diz que a declaração da mulher foi persistente e sem contradições

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 22 de janeiro de 2023 - 11:08
A declaração da mulher foi "contundente" e "persistente", sem contradições
A declaração da mulher foi "contundente" e "persistente", sem contradições -

A jovem que acusou Daniel Alves de agressão sexual se recusou, perante à juíza, de receber a indenização financeira que receberia caso o jogador fosse condenado.

De acordo com o jornal espanhol "El País", a juíza informou a mulher de que ela tinha o direito de receber uma indenização por danos morais e lesões sofridas. Ainda assim, a jovem abriu mão do valor porque espera que o jogador pague com prisão pelo que ocorreu. 

O "El País" ainda informou que a declaração da mulher foi "contundente" e "persistente", sem contradições. Na Justiça, ela explicou o mesmo que havia detalhado no dia 2 de janeiro, quando a denúncia foi apresentada.

No entanto, Daniel Alves apresentou três versões diferentes sobre o caso.

Primeiro, o jogador disse que estava no banheiro quando a mulher entrou e que não houve qualquer contato.

Depois, explicou que, quando a jovem entrou no banheiro, ele ficou parado, sem saber o que fazer.

Em seguida, contou que a mulher fez sexo oral nele e que não havia apresentado essa versão para "protegê-la". 

Matérias Relacionadas