Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,2393 Euro down 5,5092
Search

Famílias denunciam demora no atendimento em clínicas de Niterói e São Gonçalo

Da rede privada, Hospitais de Clínicas de Icaraí e de São Gonçalo são alvos de reclamações de acompanhantes e pacientes

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 23 de junho de 2022 - 16:07
Hospital de Clínicas São Gonçalo
Hospital de Clínicas São Gonçalo -

Uma aposentada, de 64 anos, foi prontamente socorrida por vizinhos após sofrer um acidente ao voltar das compras no Largo do Barradas, onde mora, em Niterói, nessa quarta-feira (22). Seria apenas uma simples ocorrência médica, não fosse a demora excessiva no atendimento, como denuncia o filho da paciente. Por ter fraturado o nariz devido à pancada no chão, ela precisou passar por exames e foi então que a "saga" do atendimento no Hospital Icaraí, para onde ela foi levada, iniciou.

"A minha mãe caiu na rua por volta das 10h da manhã. Por conta da fratura e por determinação médica, ela recebeu autorização para ser internada, mas isso só aconteceria por volta das 13h, ou seja, só nisso foram três horas de espera", contou o filho da paciente.

Após esse tempo de espera no Hospital, a família foi informada que não havia vaga de internação na unidade e ela seria encaminhada para o Hospital de Clínicas São Gonçalo (HCSG).

Todo o trâmite e transferência dela para a outra unidade levaram mais algumas horas. Ainda segundo o filho da paciente, das 18h até às 22h ela ainda aguardava pela internação.

Por conta da espera e dos transtornos gerados, o filho chegou a fazer uma reclamação formal para o Procon e nesta manhã de quinta-feira (23) realizou outra, desta vez na ouvidoria do próprio hospital.  

Esse, no entanto, não é o único caso de reclamação sobre tempo de atendimento nas unidades médicas citadas. O SÃO GONÇALO recebeu, através do canal oficial de comunicação com os leitores (Whatsapp) outras denúncias anônimas sobre a morosidade no atendimento de emergência do Hospital Icaraí. 

"Tem poucos médicos e eles levam duas horas de intervalo, uma para se alimentar e outra para descansar. Só pode ser isso, porque é uma demora absurda", reclamou uma leitora. 

As assessorias de imprensa dos dois hospitais foram contactadas sobre o caso da aposentada e emitiram a seguinte nota:

"O Hospital Icaraí e o Hospital & Clínica São Gonçalo esclarecem que o número de atendimentos aumentou consideravelmente nos últimos dias, conforme vem sendo noticiado pela grande imprensa, e isso tem causado reflexos em nossa emergência e também nas emergências dos principais hospitais públicos e privados da região.

Estamos empenhados em proporcionar à população de Niterói, São Gonçalo e adjacências um atendimento rápido, seguro e de qualidade. Por  sermos hospitais gerais, recebemos em nossas emergências pacientes com variados tipos de enfermidades, além da própria Covid-19 (que não acabou).

Cientes disso, o Hospital Icaraí e o Hospital & Clínicas São Gonçalo estão em constante análise e implantação dos melhores fluxos para atendimento emergencial e internação, a fim de que os pacientes sejam mais rapidamente assistidos e tenham sua saúde restabelecida.

Reiteramos o nosso compromisso em seguir todos os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde e pela Vigilância Sanitária, zelando pelo bem-estar da população e de quem necessita dos nossos serviços. O objetivo é fazer cumprir os valores e a missão do hospital Icaraí e do Hospital & Clínicas São Gonçalo: salvar e preservar vidas".

Matérias Relacionadas