Prefeitura de Tanguá instala posto inteligente de vigilância no Centro da cidade

O equipamento tem cerca de 7 metros de altura e conta com 9 câmeras

Escrito por Redação 13/05/2022 07:34, atualizado em 13/05/2022 08:34
Ele possui um microfone omnidirecional capaz de captar sons de uma distância de até 6 metros
Ele possui um microfone omnidirecional capaz de captar sons de uma distância de até 6 metros . Foto: Divulgação

A prefeitura de Tanguá concluiu nesta quinta-feira (11/05) a instalação do totem inteligente de vigilância no Centro da cidade. O equipamento tem cerca de 7 metros de altura e conta com 9 câmeras, entre as quais, 4 com vídeo monitoramento 360º. Além disso, possui microfone omnidirecional capaz de captar sons de uma distância de até 6 metros e um botão de emergência com sinalização tátil em Braille, iluminado com lâmpadas led.

Em situações emergenciais, a prefeitura também poderá se valer de um sistema de sonorização e de duas sirenes eletrônicas de alta potência acopladas ao dispositivo.

Segundo o prefeito de Tanguá, Rodrigo Medeiros, o equipamento se soma às outras dezenas de câmeras que foram instaladas e posicionadas em pontos estratégicos da cidade, criando um cinturão de segurança.  

"Em caso de necessidade extrema, o cidadão poderá utilizar-se de uma espécie de telefone, através do qual poderá falar com o Centro Integrado de Comando e Controle para relatar algo que eventualmente tenha visto e que demande a intervenção das forças de segurança. Também contratamos, com recursos próprios, mais policiais militares para atuarem em suas folgas na cidade, através do PROEIS - Programa Estadual de Integração na Segurança. A prefeitura está fazendo a sua parte, muito diferente do que se viu nos anos anteriores", concluiu Rodrigo.

A instalação do cinturão de segurança, que envolve o Estado e o Município, fortalece o contato com as forças da União, através da Polícia Rodoviária Federal, que passa a ser avisada com maior efetividade, caso seja necessária a sua intervenção.

 

A instalação do cinturão de segurança, que envolve o Estado e o Município, fortalece o contato com as forças da União
A instalação do cinturão de segurança, que envolve o Estado e o Município, fortalece o contato com as forças da União | Foto: Divulgação
 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas