Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0741 Euro down 5,2058
Search

Tubulações para nova adutora começam a chegar em Maricá

11 km de rede vão interligar as estações de Ponta Negra e Maricá e beneficiar 11 mil famílias

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 05 de maio de 2022 - 20:20
Cerca de 1.800 tubos estão chegando gradativamente e o início da obra está prevista para esse mês
Cerca de 1.800 tubos estão chegando gradativamente e o início da obra está prevista para esse mês -

Águas do Rio começou a receber a tubulação para o assentamento de 11 quilômetros de adutora, que vai interligar duas estações de tratamento de água: Ponta Negra e Maricá. Cerca de 1.800 tubos estão chegando gradativamente e o início da obra está prevista para esse mês.

A adutora vai permitir a melhora no abastecimento de água no 1º distrito, como explica o diretor-executivo da Águas do Rio, Rafael Fendrich. “Essa é a primeira grande obra realizada pela Águas do Rio no município, que vai beneficiar cerca de 11 mil famílias. Ela faz parte do planejamento de melhorias do sistema de abastecimento de água, cujo investimento atingirá R$ 255 milhões nos próximos cinco anos. Vamos diminuir o déficit existente entre crescimento econômico, imobiliário e turístico da região e os problemas históricos de fornecimento de água tratada”, declara Fendrich.

O cronograma de obras foi antecipado com o objetivo de dar uma resposta positiva para os quase 200 mil habitantes de Maricá no primeiro ano de operações da Águas do Rio. A conclusão da obra está prevista para este ano e a meta é oferecer, já no verão de 2023, pelo menos, o dobro da atual vazão de água na região central de Maricá, o que representa injetar até 120 litros de água por segundo na rede de distribuição de 20 bairros. 

“É uma obra extensa e complexa que evolve grandes tubulações, de 400 mm, passando por todo tipo de solo, ligando uma estação de tratamento à outra. Porém, nossas equipes estão mobilizadas para realizá-la em tempo recorde.  A parceria entre empresa privada, poder público e sociedade é fundamental para o crescimento conjunto”, ressalta o diretor superintendente da Águas do Rio, Sérgio Braga.

Matérias Relacionadas