Escritora Carmen Martins apresenta livros no Colégio Dom Hélder Câmara

Turmas da Educação Infantil e do Fundamental conheceram dois livros da escritora

Escrito por Daniel Magalhães 25/04/2022 17:06, atualizado em 25/04/2022 17:06
No início da tarde, as crianças do Ensino Infantil conheceram a história dos lobos famintos
No início da tarde, as crianças do Ensino Infantil conheceram a história dos lobos famintos . Foto: Filipe Aguiar

Em comemoração ao mês do livro e o Dia Nacional do Livro Infantil, celebrado no último dia 18, o Colégio de Aplicação Dom Hélder Câmara, na Trindade, recebeu a escritora Carmen Martins para apresentar dois de seus livros que são um verdadeiro sucesso entre a criançada. Os alunos da Educação Infantil foram apresentados ao livro 'Chapeuzinhos de todas as cores e os lobos famintos a caminho da pizzaria', enquanto os estudantes do Ensino Fundamental conheceram a história da 'Chapeuzinho preto ou da cor que eu quiser'.

Carmen é organizadora de um projeto nomeado 'Ler por ler', que incentiva a leitura em crianças pelo prazer. Ela esteve presente no Dom Hélder nesta segunda-feira como parte do projeto e para introduzir os pequeninos do maternal ao universo da leitura.

"Eu tenho um projeto que é o Ler por Ler. Nesse projeto eu defendo muito a questão da leitura pelo prazer da leitura. Como professora eu sou incentivadora desta prática, deste hábito de ler e ouvir histórias", contou a professora, que logo explicou o enredo por trás do livro 'Chapeuzinhos de todas as cores e os lobos famintos a caminho da pizzaria'.

"Então, o livro Chapeuzinhos de todas as cores e os lobos famintos a caminho da pizzaria é um livro que é engraçado, é divertido. É a história de dois lobos que vão até a pizzaria para encontrar a vovó e as chapeuzinhos. É um livro divertido, que tira toda aquela história de lobo malvado, eles são divertidos."

Já o livro 'Chapeuzinho preto ou da cor que eu quiser', que foi apresentado aos alunos do Fundamental, traz reflexões sobre racismo e empoderamento e por isso foi apresentado às crianças um pouco mais velhas. 

"O livro Chapeuzinho preto já tem uma temática um pouco mais reflexiva. É um livro que traz a história de uma menina preta empoderada, que aprendeu com a mãe e com a vó a ter muito orgulho da cor de pele e do cabelo dela, e ela encontra com um lobo que lida com isso de forma diferente, lida de forma diferente com o racismo. O lobo sofre racismo e reproduz, mas ela não, ela sofre com isso também, mas ela reage, conversa, dialoga e mostra o empoderamento dela, graças a construção da identidade dela pela mãe e pela avó.", explicou Carmen.

A escritora Carmen Lúcia é também psicanalista, professora e doutoranda em psicologia, realizando pesquisas na área da Educação. Além dos livros infantis, ela também escreveu o livro 'Escrita Docente - Reflexões sobre os cotidianos pedagógicos', que é um livro coescrito por 17 professoras de diferentes municípios do estado do Rio e conta um pouco da prática dessas professoras nas salas de aulas. 

 

A escritora Carmen Lúcia é também psicanalista, professora e doutoranda em psicologia
A escritora Carmen Lúcia é também psicanalista, professora e doutoranda em psicologia | Foto: Filipe Aguiar
 

Carmen também se prepara para lançar o livro 'Inconsciente - Investigações psicanalistas sob óticas plurais', escrito em conjunto com nove psicanalistas. O lançamento está marcado para o dia 14 de maio.

/No início da tarde, as crianças do Ensino Infantil conheceram a história dos lobos famintos
No início da tarde, as crianças do Ensino Infantil conheceram a história dos lobos famintos. Foto por Filipe Aguiar
. Foto por Filipe Aguiar

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas