São Gonçalo tem programa voltado para combate à hipertensão

Dia nacional de prevenção à doença é na próxima terça-feira (26)

Escrito por Redação 21/04/2022 10:13, atualizado em 21/04/2022 11:18
Controle de diabetes e hipertensão fazem parte do tratamento
Controle de diabetes e hipertensão fazem parte do tratamento . Foto: Divulgação

No próximo dia 26 de abril é lembrado o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, instituído nacionalmente através da Lei 10.439/2002. Para os hipertensos de São Gonçalo, a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil mantém o Programa de Hipertensão e Diabetes (Hiperdia), que atua em toda rede municipal da Atenção Básica com a vigilância dos casos, monitoramento e desenvolvimento das linhas de cuidado para a doença. 

       “O objetivo do programa é monitorar e identificar, através dos fatores de risco existentes, as possíveis complicações relacionadas e qualificar a assistência prestada. A partir dessas informações, o programa orienta os profissionais envolvidos no atendimento aos pacientes sobre fluxo de atendimentos, protocolos e linhas de cuidados, com o objetivo de garantir a qualidade da assistência e enfatizar a importância das ações de prevenção, promoção e humanização à saúde dos pacientes hipertensos e diabéticos”, explicou a coordenadora do Programa Hipertensão/Diabetes da secretaria, Mara Cortazio.

    São Gonçalo tem um total de 104.846 hipertensos cadastrados e o programa ajuda a promover o autocuidado dos pacientes, evitando hospitalizações e complicações. Nos atendimentos nas unidades de saúde, o Programa de Hipertensão e Diabetes orienta os moradores sobre a importância da mudança de estilo de vida, evitando o estresse e praticando atividades físicas.

     “No programa, mostramos o que as pessoas podem fazer, como evitar o consumo de alimentos gordurosos, reduzir o consumo de sal, optar por frutas e legumes, reduzir o consumo de álcool e tabaco. Também incentivamos as pessoas a parar de fumar, buscando o Programa de Tabagismo em unidades de saúde”, finalizou Mara.

 Regulação – Todas as consultas para as unidades de saúde da rede pública de São Gonçalo são marcadas através da Central de Regulação da secretaria. Para marcar, o gonçalense pode procurar qualquer unidade de saúde da rede municipal, independente se será atendido naquele local. As unidades inserem os pacientes no sistema da Central de Regulação, que vai entrar em contato – através do telefone – para avisar sobre a marcação do serviço, que será agendado em local que for mais próximo de sua residência. 

     Por isso, é muito importante que os pacientes mantenham um telefone que funcione e esteja atualizado no cadastro. O contato e endereço do morador também podem ser atualizados em qualquer unidade de saúde.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas