Última a entrar na avenida, Sossego fala sobre cuidados com o planeta

Escola deve finalizar seus desfile já com luz do sol

Escrito por Ana Carolina Moraes 21/04/2022 05:44, atualizado em 21/04/2022 05:44
. Foto: O São Gonçalo

Pedaços do Céu, Óleo da Terra, Amigos do Rei, Gaviões da Folia. Essas são algumas das 20 alas da Acadêmicos do Sossego, de Niterói. A escola de samba será a última a desfilar neste primeiro dia de Sapucaí e traz consigo o enredo "Visões Xamânicas", que traz profecias dos índios sobre o fim do mundo por causa da falta de cuidado dos humanos com o planeta.

O presidente da escola, Hugo Júnior, contou que o retorno para a Sapucaí após a pandemia traz sensações muito boas. “Pisar no solo da Marquês da Sapucaí após quase 2 anos é a maior emoção de todo sambista. Nós sentimos falta de estar aqui e é muito importante estar retornando, principalmente com saúde. A Sossego é uma escola brilhante que brinca, curte e celebra a vida”, explicou ele.

 

| Foto: O São Gonçalo
 

Hugo contou como escolheu o tema “Visões Xamânicas”. “As visões xamânicas tem esse cunho indígena e tem a ver com o mundo que vivemos. Um xamã teve uma visão, uma vez, que o mundo acabou e que tem uma terra abaixo dos nossos pés. Se a humanidade usar os recursos naturais de forma exorbitante, de forma que possa esgotar o mundo, ele pode acabar novamente. Esse é um grito de alerta, é uma forma que a Sossego teve de mostrar para o mundo essa mensagem com o fio condutor indígena. Vamos ver e terminar o desfile com o mundo que pensamos e planejamos ter”, afirmou ele que não vê problema em ser o último a desfilar no primeiro dia, já que crê que as escolas têm que estar preparadas para tudo. 

Vitor Rangel, membro da Harmonia, adiantou que a escola terá diversas surpresas na avenida, principalmente no final. “Nossas alegorias estão lindas, fizemos um ótimo barracão e está tudo bem preparado e bem montado, agora é só fazermos nossa apresentação na avenida. Estamos preparados para subir, respeitamos as coirmãs, mas estamos preparados para vencer, fizemos um bom trabalho”, disse ele. 

Victor Monartz, da comissão de frente da escola, entende a responsabilidade que é ser o primeiro da escola na avenida, mas sabe também que está pronto para o desafio.

 

| Foto: O São Gonçalo
 

“Para mim é maravilhoso, é algo que eu amo fazer e viver esse sonho aqui na comissão de frente é mágico. Já é o segundo ano que eu desfilo na comissão de frente na Sossego, mas toda vez é uma emoção diferente. Nós temos um dever, pois somos julgados, já que a comissão de frente é um quesito, e temos que demonstrar responsabilidade e fazer bonito”, afirmou.

A Sossego é a última escola da Série Ouro a desfilar na Sapucaí nesta primeira noite. Amanhã (21), novas escolas vão se apresentar buscando competir e conquistar uma vaga no Grupo Especial no ano que vem.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas