Cubango supera 'boatos' e promete desfile impecável na Sapucaí

Escola será a segunda a entrar no Sambódromo

Escrito por Ana Carolina Moraes 20/04/2022 22:47, atualizado em 20/04/2022 22:30
. Foto: O São Gonçalo

Uma harmonia e animação como nenhuma outra. É assim que a Acadêmicos do Cubango, escola de Niterói, promete entrar na Avenida neste Carnaval 2022. O enredo deste ano é “O Amor Preto Cura: Chica Xavier – a Mãe Baiana do Brasil", a escola busca falar sobre a atriz que ganhou diversos palcos no Rio de Janeiro. Chica também era mãe de santo.

Entretanto, antes mesmo do desfile começar, a escola sofreu com informações de falta de fantasia e de pagamento de fornecedores. Há também informações sobre o afastamento da presidente da escola, Patrícia Cunha. Contudo, na Sapucaí, integrantes da escolas e diretores  afirmaram que isso não passa de histórias mal contadas. 

Com três carros alegóricos, um tripé e 20 alas, a escola promete brilhar na Avenida. Mário Jorge Silva, o Marão, diretor mais antigo da harmonia da escola, conta que a Cubango busca sempre falar de temas ligados à negritude, à história do povo negro e este ano não foi diferente ao falar da Mãe Chica.

“A Cubango tem um grande lema: só escolhemos samba que a comunidade gosta. Eu estou na Cubango há 59 anos, desde os meus 10 anos de idade e sempre vi isso. Eu acredito que o grande charme da escola é o canto e esse ano prometemos harmonia. Não vai ter nenhuma outra escola na Sapucaí como nós no quesito canto”, afirmou ele.

O carnavalesco João Vitor Araújo contou como é retornar para a Avenida depois da pandemia. “Uma alegria muito grande, é um renascimento para escola e para a comunidade que ama samba e Carnaval. A Sapucaí é alegria, emoção e superação”, afirmou. 

Algumas alas da escola deste ano são: o abre alas, anjos, Baianinha e Folia de Reis, dentre outras. 

“Eu desfilo há mais de 8 anos, minha família sempre foi ligada ao Carnaval, meus pais e avós tem história, mas é a minha primeira vez na Cubango. Eu acho que tá tudo muito perfeito, vamos entrar na avenida com garra, é um samba animado”, afirmou Raissa Coimbra, que está no abre alas. 

“É a minha primeira vez na Sapucaí e está incrível. Eu estava animado para participar do Carnaval, ver como é e consegui essa oportunidade na Cubango. Estou gostando muito!”, afirmou o modelo Igor Silva, que está na ala Anjos. 

A Cubango é a segunda escola a desfilar neste ano na Sapucaí. Antes dela, quem passou pela avenida foi a Em Cima da Hora. Vale lembrar que hoje (20) e amanhã (21) desfilaram as escolas da Série Ouro.

 

| Foto: O São Gonçalo
 

Problemas pré desfile

Apesar da integrantes da escola e até diretores negarem qualquer problema de fantasia ou com a presidente da escola, a reportagem de O SÃO GONÇALO confirmou que Patrícia Cunha, presidente da escola, não estava na Marquês de Sapucaí até às 22h. Entretanto, antes do início do desfile da Cubango, ela já estava presente junto dos integrantes da agremiação.

Segundo áudios que circulam na internet, Patrícia teria sido afastada da presidência nesta quarta. Todas as informações são negadas pela escola.

 

| Foto: O São Gonçalo
 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas