São Gonçalo receberá espaço de Equoterapia ainda este mês, vídeo!

O Centro de Equitação Terapêutica da Polícia Militar ficará na Fazenda Colubandê

Escrito por Redação 20/04/2022 13:32, atualizado em 20/04/2022 14:28
O polo de São Gonçalo será o primeiro na Região Metropolitana do Rio
O polo de São Gonçalo será o primeiro na Região Metropolitana do Rio . Foto: Divulgação

São Gonçalo está prestes a receber um centro de Equoterapia nas próximas semanas. Localizado na Fazenda Colubandê, o Centro de Equitação Terapêutica da Polícia Militar recebeu visitas do Coronel Dantas, comandante do CPAm, o Coronel Henrique, comandante do CPE, a Tenente Coronel Daniela, Comandante do Regimento de Polícia Montada (RPMONT) e o Major Márcio, da Secretaria de Ordem Pública de São Gonçalo, nesta quarta-feira (20) para acompanhar o andamento das obras do espaço, que estão em fase de conclusão.

Resultado de uma parceria entre o Governo do Estado, Secretaria de Estado de Polícia Militar e Prefeitura de São Gonçalo, o III Centro de Equitação Terapêutica tem uma equipe de profissionais composta por policiais militares, com formação nas áreas de Psicologia, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Psicopedagogia, Educação Física, Equitação Terapêutica e Auxiliar Guia. O polo de São Gonçalo será o primeiro na Região Metropolitana do Rio.

Com o tratamento em unidades particulares chegando a ter mensalidades de R$ 3 mil, o serviço na Fazenda Colubandê oferecerá o serviço de forma gratuita, como é feito desde 1996 pelas outras unidades. Mais de 16 mil pessoas, por exemplo, já foram beneficiadas com o tratamento no núcleo de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

Metade das vagas serão destinadas para vítimas de acidente de trânsito que adquiriram alguma sequela, sendo encaminhadas ao centro pelo Detran-RJ. As outras vagas serão reservadas para o atendimento de crianças, jovens e adultos que tenham Transtorno do Espectro Autista e outras síndromes.

O que é Equoterapia?

A Equoterapia é um método terapêutico que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar e interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação. O tratamento é indicado para o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais, vítimas de acidentes e também pessoas com problemas cognitivos, como dificuldade na fala ou de raciocínio.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas