São Gonçalo zera pontuação nos índices ligados à Covid-19

Município está na fase “normal controlado”

Escrito por Redação 17/04/2022 19:18, atualizado em 17/04/2022 19:19
Município está na fase “normal controlado”
Município está na fase “normal controlado” . Foto: Divulgação

Pela primeira vez desde o início da pandemia do coronavírus, em março de 2020, São Gonçalo não registra nenhuma pontuação nos índices que medem o estágio de contaminação da doença. Com a queda de todos os índices, inclusive a positividade dos testes, que não passaram de 0,2% na última semana, a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo criou uma nova fase do covidímetro – normal controlado, que tem a cor verde para a pontuação de 0 a 4 pontos.     

Na semana epidemiológica 14/2022, entre os dias 3 e 9 de abril, os indicadores apontaram 0% de ocupação de leitos de UTI adulto (0 ponto). A ocupação de leitos de enfermaria ficou em 0% (0 ponto). A variação de óbitos pelo coronavírus ficou com 0 (0 ponto). A variação de pacientes internados ficou em 0 (0 ponto). E, por último, a porcentagem dos casos da covid-19 notificados ficou em -70% (0 ponto).

Para ter a fase de risco determinada são avaliados os cinco indicadores: capacidade de leitos de UTI, capacidade de leitos de enfermaria, variação de óbitos por covid-19, variação de novos casos e variação de pacientes internados. Dependendo dos números do sistema municipal de saúde, o município vai contando pontos. Com o total, a cidade é colocada em uma fase. 

A partir desta semana, são seis fases no total: verde (fase normal controlado, de 0 a 4 pontos), amarelo 1 (fase 1, de 5 a 9 pontos), amarelo 2 (fase 2, de 10 a 19 pontos), laranja (fase 3, de 20 a 29 pontos), vermelho 1 (fase 4, de 30 a 39 pontos) e vermelho 2 (fase 5, mais de 40 pontos).  

“Considerando os avanços da vacinação e manutenção dos índices baixos do covidímetro, foi proposto – na última atualização do Plano de Retomadas das Atividades Econômicas do município – a criação de uma nova fase: normal controlado. Estamos sem internações, óbitos e menos de meio por cento de casos confirmados nas últimas semanas. Temos que continuar avançando com a vacinação, que é muito importante para a manutenção positiva desses índices”, disse a coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Semsa, Melissa de Mello. 

A secretaria orienta que as medidas sanitárias para evitar o contágio devem ser mantidas. Por isso, o gonçalense deve evitar aglomerações, respeitar o distanciamento de, pelo menos, um metro de outras pessoas, lavar as mãos ou higienizar com álcool em gel, além de manter o esquema vacinal em dia. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas