Estabelecimento tem atividades suspensas em São Gonçalo

Entenda o caso!

Escrito por Redação 08/04/2022 07:37, atualizado em 08/04/2022 07:58
O proprietário do estabelecimento foi intimado a suspender as atividades devido ao Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) estar inativo desde 2019
O proprietário do estabelecimento foi intimado a suspender as atividades devido ao Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) estar inativo desde 2019 . Foto: Divulgação/Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo

A Secretaria de Ordem Pública, através da Subsecretaria de Fiscalização de Posturas, determinou a suspensão das atividades comerciais de uma recuperadora de autopeças usadas, por não possuir alvará de funcionamento ativo. A ação foi realizada na Rua Guilherme dos Santos Andrade, no Mutondo, na tarde desta quinta-feira (7).

O proprietário do estabelecimento foi intimado a suspender as atividades devido ao Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) estar inativo desde 2019. Além disso, o responsável também terá que iniciar o processo de remoção de um container que estava sendo utilizado como depósito de sucatas de peças de automóveis, por ocupar parte do espaço da via principal.

A operação contou com apoio da Guarda Municipal, através da Ronda Ostensiva, e de agentes da Operação São Gonçalo Presente, que garantiram a segurança das equipes.

 

O proprietário do estabelecimento foi intimado a suspender as atividades devido ao Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) estar inativo desde 2019
O proprietário do estabelecimento foi intimado a suspender as atividades devido ao Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) estar inativo desde 2019 | Foto: Divulgação/Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo
 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas