São Gonçalo promove inclusão do autista

Município realiza ciclo de palestras e anuncia mais dois centros de referência

Escrito por Redação 06/04/2022 21:37, atualizado em 06/04/2022 21:37
O evento reuniu 250 pessoas para falar sobre acolhimento, potencialidades, respeito e tudo que envolve o autista na sociedade
O evento reuniu 250 pessoas para falar sobre acolhimento, potencialidades, respeito e tudo que envolve o autista na sociedade . Foto: Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo

Professores, responsáveis e simpatizantes da causa autista estavam com os olhos e ouvidos atentos a cada palavra proferida pelos particupantes do Ciclo de Palestras sobre Autismo, que aconteceu nesta quarta-feira (6), no Teatro Municipal de São Gonçalo. O evento reuniu 250 pessoas para falar sobre acolhimento, potencialidades, respeito e tudo que envolve o autista na sociedade.

Organizado pela Coordenação de Educação Inclusiva da Subsecretaria de Ações Pedagógicas da Secretaria de Educação, a ideia do evento era trazer as tantas questões relacionadas às pessoas que possuem Transtorno do Especto Autista (TEA), além de mostrar o trabalho já realizado no Centro de Referência do Gradim e falar sobre as duas novas unidades, uma no Centro e outra no Mutondo.

“Eu assumi a Educação em agosto e, na minha primeira reunião com o prefeito, quando fomos discutir alguns planos e prioridades, ele falou que está no plano de governo trabalhar com a questão do autista. Formamos uma coordenação de inclusão na secretaria que vem desempenhando um trabalho de excelência. Tínhamos um Centro de Referência em Autismo no Gradim, neste mês de abril vamos inaugurar um no Centro e já desapropriamos um imóvel no Mutondo onde faremos um mega Centro de Referência”, afirmou o secretário de Educação, Maurício Nascimento.

O evento é uma forma de promover a formação continuada dos profissionais que atuam com pessoas portadoras do TEA e também acolher os pais e responsáveis, como uma forma de fortalecer o laço entre a escola, o autista e o município.

”Há muito tempo não nos encontrávamos pessoalmente para falar de um assunto tão importante quanto o autismo. Hoje, ver os olhinhos de tanta gente brilhando aqui, fazendo a inscrição, não tem preço. A gente acredita nesse movimento de formação, pensamos nisso em relação às famílias, aos profissionais e a gente sabe o quanto a formação é importante, principalmente porque a gente nunca sabe tudo, a gente aprende todos os dias”, ressaltou a subsecretária de Ações Pedagógicas, Ticiane Vinhaes.

Com uma apresentação musical emocionante de abertura, o aluno Luiz Gustavo, do Centro de Referência em Autismo Professora Maria José da Silva Rodrigues, no Gradim, mostrou que o autista tem potencial e habilidades diversas. Também presente no evento, o aluno Luiz Felipe Ribeiro, da Escola Municipal Leda Vargas, exibia seus trabalhos de escrita e desenho na entrada do evento.

Estiveram presentes na abertura do evento o vice-prefeito Sérgio Gevú; o secretário de Educação, Maurício Nascimento; o secretário de Assistência Social, Edinaldo Basílio; a procuradora geral do Município, Januza Brandão; a subsecretária de Ações Pedagógicas, Ticiane Vinhaes e o vereador Nelsinho Ruas.

/O evento reuniu 250 pessoas para falar sobre acolhimento, potencialidades, respeito e tudo que envolve o autista na sociedade
O evento reuniu 250 pessoas para falar sobre acolhimento, potencialidades, respeito e tudo que envolve o autista na sociedade. Foto por Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo
. Foto por Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo
. Foto por Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo
. Foto por Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo
. Foto por Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo
. Foto por Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo
. Foto por Renan Otto/Prefeitura de São Gonçalo

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas