Justiça do Rio desfaz suspensão de filme censurado pelo governo

Filme "Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" foi suspenso pelo Ministério da Justiça no dia 15 de março, mas decisão foi revertida pelo tribunal

Escrito por Redação 05/04/2022 21:09, atualizado em 05/04/2022 21:09
"Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" tem classificação indicativa de 18 anos
"Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" tem classificação indicativa de 18 anos . Foto: Reprodução

A Justiça do Rio desfez a suspensão do filme "Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" nesta terça-feira (5), após o Ministério da Justiça censurar a exibição do longa nas plataformas de streaming. A decisão foi da juíza Daniela Berwanger Martins, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro.

A Associação Brasileira de Imprensa (AIB) protocolou uma ação contra a suspensão, o que foi acatado pela Justiça. A Secretaria Nacional de Justiça (Senajus) já alterou a classificação indicativa do filme para 18 anos. 

O caso

O Ministério da Justiça proibiu, no dia 15 de abril, a exibição do filme "Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" nas plataformas de streaming, como Netflix e Globoplay, alegando cenas inapropriadas para a classificação indicativa, na época de 14 anos.

O filme, que tem a assinatura de roteiro do apresentador e comediante Danilo Gentili, do SBT, foi lançado em 2017 e só causou grande polêmica neste ano. A cena questionada pelo ministério se dá pela interpretação do humorista Fabio Porchat em um personagem que pede para dois personagens adolescentes o masturbem.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas