Preso nos EUA acusado de triplo homicídio que estava foragido desde 2004

Marcelo Henrique Negrão Kijak era o brasileiro com mais tempo na lista de procurados da Interpol, desde 2004

Escrito por Redação 04/04/2022 18:40, atualizado em 04/04/2022 18:40
Foragido da Justiça é preso nos EUA
Foragido da Justiça é preso nos EUA . Foto: Divulgação

O Serviço de Imigração dos Estados Unidos prendeu no domingo (3), em Miami, Marcelo Henrique Negrão Kijak, cidadão carioca que estava foragido por matar três jovens em acidente de trânsito, em 2003.

Marcelo Henrique é acusado de matar, em acidente de trânsito, três jovens - Fabrício, Mariana e Juliane - em março de 2003 na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Ele era o brasileiro com mais tempo na lista de procurados da Interpol, desde 2004. 

Segundo a PRF, no ato da prisão, no Aeroporto de Miami/EUA, o foragido portava passaporte israelense com outro nome e embarcava em voo para Israel, país para o qual fugiu logo após o crime e adquiriu nacionalidade na tentativa de permanecer foragido da justiça brasileira.

A prisão foi devidamente cumprida e, após as formalidades de praxe, o preso foi encaminhado ao sistema prisional americano até a extradição definitiva para o Brasil, onde poderá ser condenado a pena de até 12 anos de prisão em regime fechado.

Após o acidente, o pai de uma das vítimas, Fernando Diniz, criou uma ONG que busca conscientizar os motoristas e lutar contra a impunidade no trânsito. E ele teve papel importante na aprovação da Lei 11.705/08, conhecida como Lei Seca.

A ação contou com o apoio da Capturas Internacionais da Polícia Federal (INTERPOL/PF) e do Núcleo de Cooperação Policial Internacional no Rio de Janeiro (NCPI/INTERPOL/RJ).

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas