Rodolfo Landim não irá mais concorrer ao cargo em conselho da Petrobras para se dedicar ao Flamengo

O presidente do time carioca recebeu sua indicação no último mês (março) e mais 13 nomes. Ele substituiria o almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira

Escrito por Redação 03/04/2022 18:36, atualizado em 03/04/2022 18:36
Landim se dedicará mais ao Flamengo
Landim se dedicará mais ao Flamengo . Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, falou neste domingo (3) que tomou a decisão de recusar a indicação para ser a presidência do Conselho de Administração da Petrobras.

Durante seu comunicado, direcionado para os sócios e torcedores rubro-negro e foi anunciado pouco depois do Flamengo ter perdido o Campeonato Carioca para o Fluminense, amargando outro vice-campeonato em cinco meses. Rodolfo falou que se sente honrado por ter sido indicado para a presidência do Conselho de Administração da Petrobras.

"Depois de mais de 26 anos trabalhando na empresa, tendo exercido vários cargos na sua alta administração, o convite feito seria um retorno a um local que por muito tempo fez parte de minha vida", começou ele.

O dirigente alegou que se dedicará inteiramente ao Flamengo. "Apesar do tamanho e da importância da Petrobras para o nosso país, e da enorme honra para mim em exercer este cargo, gostaria de informá-lo que resolvi abrir mão desta indicação, concentrando todo meu tempo e dedicação para o ainda maior fortalecimento do nosso Flamengo".

Landim ainda falou que encaminhou o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, um documento falando sobre sua decisão e deixou um agradecimento pelo convite feito. Ainda falou sobre a preocupação de não conseguir dar certa dedicação para as duas instituições, a altura que a Petrobras e o Flamengo necessitam.

"Em relação ao Flamengo, os últimos acontecimentos me demonstraram a necessidade de termos todos nós o compromisso de um grau ainda maior de dedicação e foco ao Clube. Como sempre falei, ao ter sido reeleito pelos sócios para um mandato de mais três anos, exercer bem o cargo de presidente do Flamengo é minha total prioridade", afirmou.

Landim recebeu sua indicação no final de março, com 13 nomes junto ao dele. Era visado que ele substituísse o almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, que se afastou do posto por motivos pessoais. A eleição irá acontecer no dia 13 de abril. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas