Prefeitura entrega primeiras licenças para ambulantes do Alcântara

Comerciantes irão atuar no novo Espaço Raul Veiga, que está em fase final de obras

Escrito por Redação 02/04/2022 08:25, atualizado em 02/04/2022 08:25
. Foto: Divulgação/Júlio Diniz

A prefeitura de São Gonçalo iniciou nesta sexta-feira (1º), a distribuição das primeiras 142 licenças para ambulantes atuarem no novo Espaço Raul Veiga, no Alcântara. O prefeito Capitão Nelson realizou a entrega da documentação aos comerciantes em uma solenidade no Teatro Municipal de São Gonçalo.

Os trabalhadores selecionados foram chamados para receber a licença e participaram de um sorteio, que definiu o número das barracas e seus respectivos responsáveis.

O prefeito Capitão Nelson falou sobre o andamento das obras no Espaço Raul Veiga e papel que o local vai desempenhar na vida profissional dos ambulantes licenciados.

“No início, muitas pessoas foram contra essa ideia minha de montar o Espaço Raul Veiga. A gente trabalhou muito para que conseguíssemos dar mais dignidade para vocês. Trabalhamos sábado, domingo e feriados para acelerar essa obra. Eu tenho certeza que os senhores vão se sentir muito melhor em um ambiente, mais limpo, agradável e melhores condições para que vocês possam desenvolver suas atividades”, disse o prefeito.

O secretário de Gestão Integrada e Projetos Especiais, Douglas Ruas, destacou que esse é apenas o início do trabalho de legalização dos ambulantes.

“Lembrando que não são apenas 142 licenças. São as primeiras 142 licenças! Através da Subsecretaria de Fiscalização de Posturas, sabemos que existem hoje, mais de 500 comerciantes sem a licença do poder público. A gente respeita muito essas pessoas e entendemos que elas precisam desse trabalho para levar o sustento para seu lar e suas famílias.

Após os comerciantes ocuparem seus devidos espaços, a fase final de obras no Espaço Raul Veiga será realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

A comerciante Elaine Amorim, de 46 anos de idade e que atua há 24 anos no Alcântara, falou da importância das licenças e também das expectativas para atuar no novo espaço.

“A minha expectativa é a melhoria do acesso ao público, a visibilidade e o reconhecimento pelo nosso trabalho, que ainda é muito marginalizado. Espero que todos possam também ser contemplados”, disse.

Já para o vendedor Antônio Vilela, que atua no Alcântara há cerca de trinta anos, a expectativa é que as vendas aumentem.

“Agora vai melhorar as vendas, né? E agora não trabalhamos mais na clandestinidade, porque a clandestinidade não dá certo, disse o comerciante, de 69 anos de idade.

Também estiveram presentes na solenidade de entrega das licenças o Secretário de Ordem Pública, Major David Ricardo, o Secretário de Desenvolvimento Urbano, Junior Barboza, o secretário de Turismo e Cultura, Lucas Muniz, o subsecretário de Fiscalização de Posturas, Rogério Abreu, além dos representantes do Legislativo, Jorge Mariola, Nem da Pank, Nelsinho Ruas, Vinícius, Natan, Tião Nanci e Juan Oliveira.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas