Walkíria Nichtheroy (PCdoB) se posiciona sobre a morte de um rapaz inocente durante ação da PM em Niterói

Vereadora é Walkíria é moradora do Morro do Paláci.

Escrito por Redação 25/11/2021 18:38, atualizado em 25/11/2021 19:37
. Foto:

A morte do jovem Elias de Lima Oliveira, de 24 anos, morador do Morro do Palácio, no Ingá, nesta ultima quarta-feira (24) causou uma revolta na comunidade que foi as ruas protestarem contra a ação dos agentes de segurança pública. Elias foi morto após ser baleado. A despedida dos familiares ocorreu hoje, nesta quinta-feira (25) no Cemitério Maruí, no Barreto, Zona Norte de Niterói.

A Vereadora Walkíria Nichtheroy (PCdoB) esteve presente desde o começo do ocorrido e deu seu posicionamento.

“Cada vida perdida é a história de uma família inteira que se interrompe. Enquanto o estado olhar os favelados como números esse genocídio nunca vai parar. Estamos reféns de quem deveria nos proteger. Podem encontrar o culpado e punir um agente. Mas enquanto não reformulamos a segurança pública no Rio de Janeiro isso nunca vai parar.

Não é verdade que a gente se acostuma com esse tipo de coisa. Quem se acostuma é quem está fora da favela e pode esquecer e seguir a vida. A gente vive com medo de acontecer outra vez e sem saber quem será o próximo. Quando acontece perto da gente assim nos faz sentir impotentes. Fizemos tudo que pudemos e vamos continuar lutando por justiça. Mas, infelizmente, não vamos trazê-lo de volta”.

A Vereadora também falou através das suas redes sociais, confira o vídeo da vereadora:

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas