Moradores de condomínio no Rio do Ouro, em São Gonçalo, denunciam irregularidade no abastecimento de água

Gastos com caminhão-pipa já ultrapassam os R$ 30 mil

Escrito por Daniel Magalhães 24/11/2021 17:35, atualizado em 24/11/2021 16:46
Segundo a administração do condomínio, a falta de água é recorrente
Segundo a administração do condomínio, a falta de água é recorrente . Foto: Layla Mussi

Moradores do condomínio de prédios Jardim Pendotiba, em Rio do Ouro, São Gonçalo, denunciam o descaso da Cedae com o abastecimento de água dos três prédios e as áreas comuns do condomínio. Segundo moradores e a administração do prédio, o problema é recorrente e a companhia de água não dá maiores explicações sobre o problema para os moradores. 

Segundo o administrador do condomínio, Rolando César, os moradores muitas vezes precisam comprar carros-pipa e o gasto já ultrapassa R$ 30 mil, além dos transtornos causados pela falta d'água.

"Além de gastar todo esse dinheiro com caminhão de água tem todo o transtorno aos condôminos porque tem vezes que precisa ter racionamento de água, com horário certo para os moradores abrirem a torneira, tem evento que precisa ser cancelado, às vezes tem família que pagou bouffet o ano inteiro e não pode fazer a festa porque não tem água.", disse o administrador. "Pra mim é horrível eu voltar pra casa sabendo que aqui no prédio tem mais de 400 famílias sem água até pra fazer café", completou.

"O pior de todo esse gasto com pipa é que, como a água da pipa vai direto pra cisterna, quando ela sobe para nossas casas, ela passa pelo hidrômetro individual, ou seja, a gente paga água duas vezes: a pipa e a conta de água que continua chegando", disse Luiz Vargas, um dos moradores do condomínio. 

Um dos grandes problemas para os moradores é que a companhia de água não dá esclarecimentos acerca da bomba elevatória e os custos com os caminhões-pipa, além da água enviada pela companhia não dar vazão a todas as famílias, já que a água não chega com regularidade no local, o que faz com que o condomínio passe intervalos de três a cinco dias sem abastecimento.

Questionada, a Cedae informou que deixou de operar no município no dia 1º de novembro por causa da concessão. Agora, o abastecimento de bairros de São Gonçalo está a cargo da concessionária Águas do Rio.

Questionada, a Águas do Rio informou que "enviou, hoje (24), uma equipe técnica ao local e, após vistoria, verificou que o abastecimento está ocorrendo normalmente. A concessionária não identificou nenhuma solicitação de serviço aberta referente ao problema nos sistemas ou nos canais de atendimento. A Águas do Rio reforça que está à disposição dos clientes por meio do WhatsApp ou call center pelo número 0800 195 0 195".

Segundo a administração do condomínio, a falta de água é recorrente
Segundo a administração do condomínio, a falta de água é recorrente. Foto por Layla Mussi
Famílias precisam comprar garrafas de água para atividades básicas
Famílias precisam comprar garrafas de água para atividades básicas. Foto por Layla Mussi
Condomínio fica localizado no Rio do Ouro, em SG
Condomínio fica localizado no Rio do Ouro, em SG. Foto por Layla Mussi

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas