Laudo da morte de Marília Mendonça e demais passageiros deve apontar politraumatismo

Informação foi dada pelo médico legista de Caratinga, MG

Escrito por Redação 13/11/2021 08:41, atualizado em 13/11/2021 08:56
Marília Mendonça
Marília Mendonça . Foto: Divulgação

 A cantora Marília Mendonça e as quatro pessoas que estavam com ela durante a queda do avião, podem ter morrido de politraumatismo contuso. É isso que firma o médico legista do Posto Médico Legal de Caratinga (MG), Pedro Coelho.

De acordo com o especialista, foram detectadas muitas lesões em órgãos vitais nas vítimas, que mostra que a morte deles pode ter ocorrido de forma instantânea. Apesar deste primeiro laudo, o médico afirma que ainda é necessário aguardar os resultados dos exames complementares, o toxicológico e alcoolemia, para assim definir a causa morte.

A expectativa é que este exame ficará pronto em 20 dias. Os corpos do piloto, Geraldo Medeiros, e seu copiloto, Tarciso Pessoa Viana, passaram também por exames neurológicos e cardíacos. Esses laudos também são aguardados pela Polícia Civil.  

O que é politraumatismo? 

Reunião das contusões, lesões ou ferimentos, que, distribuídos em várias partes do corpo, resultam de alguma ação extremamente violenta, provavelmente ocasionada por um acidente ou por outro agente externo

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas