I Fórum de Ações para o Desenvolvimento Pesqueiro e Aquícola homenageará o trabalho da SEAPPA

Evento será realizado em Fortaleza nos dias 14 e 15 de outubro deste ano

Escrito por Redação 13/10/2021 21:27, atualizado em 13/10/2021 22:10
Evento ocorre nos dias 14 e 15 de outubro deste ano
Evento ocorre nos dias 14 e 15 de outubro deste ano . Foto: Divulgação

O I Fórum de Ações para o Desenvolvimento Pesqueiro e Aquícola será realizado nos dias 14 e 15 de outubro de 2021, em Fortaleza/CE, e o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento e pela Fundação Instituto Pesca do Estado do Rio de Janeiro (FIPERJ) ganhará um espaço especial no evento com a entrega do título. 

A Confederação Brasileira dos Trabalhadores da Pesca e da Aquicultura (CBPA), organizadora do evento, irá conceder ao secretário de Estado de Agricultura, Marcelo Queiroz, o título de “Amigo do Pescador do Brasil”, na comenda “JOSÉ UBIRAJARA DE SOUZA COELHO TIMM”, pelo relevante serviço prestado a pesca e a aquicultura brasileira. 

O título é o reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela pasta, em parceria com a FIPERJ, no desenvolvimento de ações para impulsionar o setor de pesca e aquicultura no estado do Rio de Janeiro, que estimulam a sustentabilidade do segmento. 

"É uma honra receber essa homenagem, que comprova que o nosso trabalho pelo fortalecimento do setor da aquicultura e da pesca valem a pena. Importante reconhecer o trabalho da excelente equipe técnica da FIPERJ, que é incansável em levar assistência aos nossos trabalhadores do setor. Hoje, com o apoio do governador Cláudio Castro e da ALERJ, conseguimos impulsionar grandes projetos nesses segmentos!", afirma o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz. 

Uma das principais ações que beneficia o setor do pescado é a assinatura de termos de cooperação técnica. Somente este ano, foram assinados 31 municípios e 3 instituições de fomento e pesquisa. O intuito é disponibilizar as atividades de assistência técnica aquícola e pesqueira especializadas diretamente aos produtores, pesquisas, monitoramento pesqueiro, cursos, palestras, eventos e qualificação técnica. 

"Fomentar e disseminar práticas sustentáveis no apoio à aquicultura continental e a pesca fluminense constitui premissa na gestão do governo do RJ. Assim podemos retomar a economia ajudando os segmentos menos favorecidos, em especial a pesca e a aquicultura, que sofreram reflexos com a economia depauperada, com isso fazendo com que essas atividades sejam elementos de elevação social, inclusão econômica e igualdade entre todos os segmentos", destaca o presidente da Fiperj, Ricardo Ganem.

Ações da Fiperj

A Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj) vinculada a Secretaria de Estado de Agricultura, tem a missão de promover o desenvolvimento sustentável da aquicultura e pesca fluminense, ao gerar e difundir informações e tecnologias. 

Diversas atividades são realizadas pela Fiperj, só este ano a vinculada participou do suporte logístico na distribuição de 86 mil ovos embrionados de truta para produtores fluminenses, aperfeiçoando a produtividade e acrescentando dados de pesquisa para melhorar toda a produção. Também foram recebidos pela fundação 10.000 alevinos de tilápia, destinados ao fortalecimento da piscicultura no estado.

Entre as suas atividades a emissão de declaração de aptidão ao PRONAF – DAP, se destaca. A declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar é um documento de identificação da agricultura familiar que pode ser obtida tanto pelo agricultor familiar (pessoa física) quanto pelo empreendimento familiar rural como associações, cooperativas, agroindústrias (pessoa jurídica). 

Além disso, a Fundação tem 100% de aprovação de projetos no edital FAPERJ, com programa de bolsa de treinamento e capacitação técnica em apoio ao desenvolvimento do setor agropecuário e da agroindústria do RJ, totalizando 15 projetos. 

Conheça mais sobre a vinculada da Secretaria de Agricultura, acesse www.fiperj.rj.gov.br e acompanhe todas as ações.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas