Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Feminicídio: duas irmãs são baleadas no Rio; Débora, a mais velha de 20 anos, morreu

Caso aconteceu no último domingo (5) durante baile funk com a presença do cantor Filipe Ret, na Maré, na Zona Norte da cidade. Marido de Débora, apontado como atirador, teria sido morto por traficantes da região

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 06 de setembro de 2021 - 21:36
Duas irmãs foram baleadas no Rio; Débora, de 20 anos, morreu
Duas irmãs foram baleadas no Rio; Débora, de 20 anos, morreu -

Mais um crime bárbaro de feminicídio no Rio ocorreu no último domingo (5). Duas irmãs foram baleadas em meio a um baile funk, que teve apresentação do cantor Filipe Ret, na Maré, na Zona Norte da cidade. Débora Adelino da Conceição, de 20 anos, levou um tiro na cabeça, não resistiu e morreu.

A outra irmã, de 16 anos, está internada no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, também na Zona Norte. O principal suspeito pelo crime é um homem identificado como o marido de Débora, que teria realizado os disparos contra as irmãs após discussão.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) investiga os assassinatos pelo crime de feminicídio contra Débora Adelino da Conceição, de 20 anos, e a sua irmã, de apenas 16 anos. E de homicídio o marido dela, que testemunhas dizem ter sido morto por traficantes da região, em retaliação.

Débora será enterrada nesta terça-feira (7), no cemitério do Cacuia, na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio.

Matérias Relacionadas