Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,1455 Euro up 5,2361
Search

Governo divulga 'bandeira tarifária escassez hídrica': nova taxa na conta de luz dos brasileiros

Novo acréscimo será de R$ 14,20 nas faturas para cada 100 kW/h consumidos; medida entra em vigor já nesta quarta-feira (1°)

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 31 de agosto de 2021 - 18:34
Nova taxa entre em vigor nesta quarta-feira (1°)
Nova taxa entre em vigor nesta quarta-feira (1°) -

O Governo Federal e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciaram, nesta terça-feira (31), a criação de uma nova tarifa na conta de luz. Denominada 'bandeira tarifária escassez hídrica', que está acima da bandeira vermelha patamar 2, será mais um acréscimo no bolso dos brasileiros.

A nova bandeira tem data para entrar em funcionamento já nesta quarta-feira (1°), que terá uma taxa adicional de R$ 14,20 nas faturas para cada 100 kW/h consumidos. Ou seja, representará uma alta de 49,63% em comparação à bandeira vermelha patamar 2.

A nova taxa provocará um aumento de 6,78% na conta de luz nas casas da população brasileira. A expectativa é de que a nova bandeira permaneça até 30 de abril de 2022.

"Assim, tendo em vista o déficit de arrecadação já existente, superior a R$ 5 bilhões, e os altos custos verificados, destacadamente de geração termelétrica, foi aprovada determinação para que a ANEEL implemente o patamar específico da Bandeira Tarifária, intitulado “Escassez Hídrica”, no valor de R$ 14,20 / kWh, com vigência de 1º de setembro de 2021 a 30 de abril de 2022", disse, em nota, o governo brasileiro.

Com a crise hídrica nos reservatórios do Brasil, o Governo Federal tomou a decisão, em conjunto com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), pela nova cobrança nas contas de luz dos brasileiros, que já entra em vigor nesta quarta-feira (1°).

Matérias Relacionadas