Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,1937 | Euro R$ 5,5292
Search

São Gonçalo oferece vacinas especiais na rede de saúde

São oferecidos 16 tipos diferentes de imunizantes

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 30 de agosto de 2021 - 14:20
As vacinas são indicadas para pessoas com contra-indicação às vacinas tradicionais
As vacinas são indicadas para pessoas com contra-indicação às vacinas tradicionais -

A Secretaria de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo disponibiliza 16 tipos de vacinas, chamadas de rotina, nas unidades de saúde espalhadas pela cidade e que toda a população tem acesso, dependendo de sua faixa etária. No entanto, a cidade oferece cinco imunizantes especiais, que são indicados para pessoas que apresentam contra-indicação às vacinas tradicionais da rede municipal de saúde. Normalmente, essas vacinas são indicadas para cardiopatas, pacientes oncológicos, pessoas que convivem com HIV/Aids, transplantados de órgãos e imunodeprimidos.

As cinco vacinas são: DTPa infantil, Haemophilus Influenzae tipo B (Hib), Hepatite A para adultos e Pneumocócica 13 e 23. Atualmente, a cidade recebe uma cota mensal e pode atender com mais agilidade a população. “Muitos gonçalenses não sabem da existência das vacinas especiais e outros, quando pedem, não voltam para tomar quando estão liberadas para receberem. Elas são muito importantes, principalmente para as pessoas que estão com imunidade baixa devido a alguma doença”, explicou o coordenador de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Rafael Vidal.  

A DTPa infantil é contra difteria, tétano e coqueluche. A Haemophilus influenzae tipo B, também conhecida como Hib, combate a meningite, pneumonia, inflamação da garganta, otite, artrite, infecção da membrana que recobre o coração, infecção dos ossos, entre outras doenças mais sérias. Nessa lista também encontra-se a Hepatite A para adultos, que normalmente só é oferecida para crianças na atenção básica.

A pneumocócica conjugada 13-valente previne cerca de 90% das doenças graves (pneumonia, meningite e otite) causadas por 13 sorotipos de pneumococos em crianças. A pneumocócica 23 é indicada para crianças acima de dois anos, adolescentes e adultos que tenham algum problema de saúde que aumenta o risco para doença pneumocócica (diabetes, doenças cardíacas e respiratórias graves; sem baço ou com o funcionamento comprometido desse órgão; com problemas de imunidade, entre outras condições).

Para ter acesso à vacinação com qualquer um desses imunizantes, os gonçalenses têm que ter prescrição médica indicando a vacina especial e apresentar o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e a identidade em qualquer unidade básica de saúde da rede municipal, todos os polos sanitários e nos PAMs Neves e Coelho para dar entrada no pedido. 

O pedido segue para a Coordenação de Imunização, onde será avaliado conforme as indicações do Ministério da Saúde. Se o morador estiver enquadrado nos critérios estabelecidos, ele será chamado para a vacinação, que será realizada no polo sanitário mais próximo de sua residência. Esse trâmite leva entre 15 e 30 dias para a liberação.  

Matérias Relacionadas