Pescadores que salvaram gato que caiu da ponte na Baía de Guanabara são homenageados

Reconhecimento pelo ato aconteceu na Palácio Guanabara, no Rio, nessa terça-feira (17)

Escrito por Redação 17/08/2021 19:12, atualizado em 17/08/2021 19:58
Homenagem foi feita nessa terça-feira (17)
Homenagem foi feita nessa terça-feira (17) . Foto: Divulgação

Os pescadores que resgataram o gato que caiu da ponte Rio-Niterói. no último domingo, receberam uma homenagem hoje (17/08), do secretário Estadual de Agricultura, Marcelo Queiroz, que também é responsável pelas políticas públicas de proteção e bem estar animal. 

O evento contou com a presença da primeira dama, Analine Castro, além do grupo de pescadores local, do Secretário Municipal de Proteção Animal, Vinicius Cordeiro, e do Vereador de Niteroi, Daniel Marques. O video cedido pela PRF mostra o momento em que o gatinho cai do motor do carro, fica desnorteado na ponte e acaba caindo na Baía de Guanabara. Por sorte, lá estavam os pescadores: ALexandre Duarte, 53 e Vagner Rodrigues Pinheiro, 34, que salvaram o gatinho. 

“Só ouvi o barulho e em seguida vi que  era um gato, ele já estava muito cansado quando o peguei no colo, ainda bem que chagamos logo. E poder estar aqui hoje recebendo essa homenagem é muito gratificante, melhor ainda é saber que o gato está vivo”, disse Vagner. 

Alexandre que não gostava muito de gatos acabou até mudando de ideia. “Realmente nunca pensei que um dia fosse gostar de gato, mas o que aconteceu mudou minha forma de pensar. E agora quero poder fazer muito mais por esses animais. Estou muito feliz, pois nunca recebi em minha vida uma homenagem como essas. 

O secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz, falou sobre a importância do ato dos pescadores, e chamou a atenção dos motoristas ao ligarem seus carros. “Na verdade, hoje precisamos de gestos de solidariedade. E o que esses pescadores fizeram foi um grande exemplo a ser seguido. Importante lembrar também que nesse período frio, os animais procuram lugares quentes, como a parte interna dos carros. A secretaria já vem orientando as pessoas a baterem no capô, darem uma checada antes de sair com o carro, para evitar um acidente.”

Para o secretário a boa notícia foi a de que não houve maus-tratos.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas