São Gonçalo começa a divulgar resultado de teste RT-PCR em 15 minutos

O objetivo é confirmar a doença mais rápido devido à variante Delta

Escrito por Redação 03/08/2021 07:12, atualizado em 03/08/2021 08:50
A mudança no tempo do resultado faz de São Gonçalo a única cidade no Estado a ter este serviço
A mudança no tempo do resultado faz de São Gonçalo a única cidade no Estado a ter este serviço . Foto: Renan Otto/ Div. Ascom

O resultado do teste RT-PCR ou swab, o teste do cotonete – um dos exames mais completos para a detecção do coronavírus – começa a ser entregue em 15 minutos em São Gonçalo. O exame, que está disponível no Centro de Triagem, no Zé Garoto, ficava pronto entre cinco e oito dias úteis. A mudança no tempo do resultado faz de São Gonçalo a única cidade no Estado a ter este serviço. O objetivo é confirmar a doença mais rápido devido à variante Delta. 

“O RT-PCR diagnostica a doença nos primeiros dias de contágio. Tendo o resultado em 15 minutos, apesar de não ter como detectar qual é a variante, conseguimos a confirmação da doença, se positivo, colocando o indivíduo em isolamento para evitar a contaminação de outras pessoas”, disse o coordenador do Cievs São Gonçalo, Raphael Rangel, lembrando que a cidade não tem nenhum caso confirmado da variante. 

Com a rapidez na entrega do resultado, o objetivo da Secretaria de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo é diminuir os locais que realizam os testes rápidos para detectar o coronavírus e aumentar os locais que realizam o RT-PCR. Atualmente, oito locais fazem o teste rápido, quatro a menos dos locais iniciais.

A retirada de quatro pontos, além da entrega mais rápida do RT-PCR, se dá pela baixa procura e pelo avanço da vacinação na cidade para todos os gonçalenses com mais de 18 anos, o que já refletiu positivamente na baixa dos números de casos. Os locais que deixaram de realizar os exames são: PAM Neves, PAM Alcântara, Polo Sanitário Augusto Sena, em Rio do Ouro e Polo Sanitário Hélio Cruz, em Alcântara. “A nossa intenção é diminuir os testes rápidos, exatamente por conta da vacinação avançada. E ampliar o RT-PCR, que faz o diagnóstico se a doença está ativa e é nosso padrão ouro. Os PAMs podem retornar fazendo este tipo de exame futuramente”, explicou a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Melissa de Mello

Na cidade, já foram feitos 596.099 mil exames, sendo 504.726 testes rápidos de anticorpos, 4.500 testes rápidos de antígenos e outros 86.873 mil RT-PCR, desde o início da pandemia. Deste total, foram confirmados 109.555 mil casos. O município, nos meses de pico da doença, realizava uma média de 3,5 mil exames por semana. Nas últimas semanas, o número caiu para menos de 2,5 mil. Os exames para detectar a doença podem ser feitos por aqueles que estão com sintomas do coronavírus ou com quem teve contato com quem está com a doença. Os tipos de exames realizados em cada indivíduo depende do tempo que está com os sintomas ou que teve contato com pessoa infectada.

Para quem está com sintomas há mais de sete dias, o indicado é o teste rápido – disponível em oito locais. Já para quem está com sintomas há menos de sete dias, a indicação é a realização do teste RT-PCR ou swab, que pode ser realizado, com demanda espontânea, no Centro de Triagem, que fica no Zé Garoto, e funciona diariamente, das 8h às 18h, para maiores de 12 anos e na Clínica da Criança, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h, para menores de 12 anos.   

  Locais dos exames:

Centro de Triagem ao Coronavírus, no Zé Garoto, diariamente, das 8h às 18h;PAM Coelho;

Clínica Municipal Gonçalense Barro Vermelho;

Polo Sanitário Jorge Teixeira de Lima, no Jardim Catarina e Polo Sanitário Paulo Marques Rangel, no Porto do Rosa, de segunda a sexta, das 9h às 16h;

Clínica da Criança (0 a 12 anos), de segunda a sexta, das 9h às 17h;

Clínica Municipal Gonçalense do Mutondo: de segunda a sexta, das 8h às 20h; e sábado, das 8h às 13h;

O Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, Lagoinha, diariamente, 24h; 

Tipos de exames: Rápido imunológico e sorologia – realizados através do sangue

Rápido de antígeno e RT-PCR (swab) – realizado através de fluidos nasais ou orais

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas