'Desafio do Lixo' chega a 15ª edição neste domingo, em São Gonçalo

A ação é aberta para aqueles que quiserem participar

Escrito por Ana Carolina Moraes 31/07/2021 15:07, atualizado em 31/07/2021 15:00
A ação ocorria todo mês antes da pandemia
A ação ocorria todo mês antes da pandemia . Foto: Arquivo pessoal

Ajudar o meio ambiente e o município de São Gonçalo têm sido os objetivos de diversas pessoas, como os voluntários do 'Desafio do Lixo'. Desde 2019, um grupo de pessoas mostra que é possível replantar e trazer o mangue de volta na Praia das Pedrinhas, localizado no Boa Vista. Em 14 edições, o vereador Romário Regis estima que foram recolhidas cerca de 2,5 toneladas de lixo do manguezal e, inclusive, até caranguejos estão retornando para o local por causa da coleta do lixo. No próximo domingo (01), ocorrerá a 15ª edição do "Desafio do Lixo - Praia das Pedrinhas" e todos estão convidados a participar! 

O vereador Romário Regis (do PCdoB), eleito em 2020, iniciou o projeto ainda em 2019, ou seja, antes de ser eleito. Ele, na época, contou com o apoio do grupo 'Por Gentiliza', que atua na Mobilização Social em São Gonçalo, e com a professora Yonara Costa.

"Eu frequento a Praia das Pedrinhas há muito tempo e me incomodava ver algumas sujeiras que estavam lá. Em 2019, nós percebemos que o volume de lixo na praia e no manguezal era absurdo. Resolvemos, então, fazer a primeira ação do 'Desafio do Lixo' na praia, mas quando chegamos lá, a Prefeitura de SG já havia limpado a orla toda, então, fomos até o manguezal e vimos que lá também tinha muito lixo, começamos a coleta dos lixos lá", contou o vereador.

A primeira edição do 'Desafio do Lixo - Praia das Pedrinhas' ocorreu em abril de 2019. O grupo de colaboradores se inspiraram no #trashtagchallenge, uma campanha que acontece no mundo todo e ficou conhecida no Brasil como #desafiodolixo. A ideia inicial do projeto gonçalense era que este ocorresse todo o mês. O objetivo era conscientizar a população sobre a importância da coleta do lixo para manter o município mais limpo. Recolhendo os detritos do manguezal da Praia das Pedrinhas, as pessoas começaram a ver como caranguejos e outros animais voltavam ao local, fazendo com que a vida retornasse ao invés do lixo. No entanto, por causa da pandemia da Covid-19, em 2020, o projeto sofreu com uma paralisação. Após esta 15ª edição em 2021, Romário pretende voltar com tudo com o projeto e voltar a realizar a ação uma vez ao mês.

A ação ocorria todo mês antes da pandemia
A ação ocorria todo mês antes da pandemia | Foto: Arquivo pessoal
 

"De 2019 a 2020, fizemos uma ação por mês, contando 14 edições, mas paramos na pandemia. Estamos voltando agora por causa dessa reabertura possível de eventos ao ar livre para podermos continuar com a limpeza. Agora, vamos voltar a fazer uma edição a cada mês. Qualquer pessoa pode ir, incluindo cidadãos comuns, políticos e qualquer um que se sinta tocado com a pauta de salvar o meio ambiente. Em edições anteriores, já conseguimos mais de 50 voluntários, mas com mais ou menos pessoas conseguimos fazer o trabalho de todo o jeito. Mais importante do que o número de voluntários que vão, são as pessoas que estarão lá, ajudando na causa. Ressaltamos que todos devem estar de máscara, levar o álcool em gel, levar também sacos de lixo, luvas, água, repelente e optar por ir de calça comprida, pois há muitos mosquitos no local", contou ele.

Por enquanto, Romário ainda planeja ações do tipo em outros lugares de São Gonçalo, mas a ideia não é descartada para o futuro. "Eu acho que a experiência é perceber que podemos contribuir para a melhora do nosso território. Eu iniciei o projeto antes de ser vereador e vou voltar a fazer agora como vereador. Óbvio que a minha responsabilidade hoje é ajudar a limpar, mas ao mesmo tempo é cobrar para que o poder público faça isso. Essa contribuição é muito legal! Ver que os caranguejos e a vegetação estão voltando por causa da sua contribuição", contou ele.

Para quem quiser se voluntariar para participar do 'Desafio do Lixo - Praia das Pedrinhas', basta ir preparado para o trabalho amanhã (01), às 14h, no Final da praia, que é o ponto de encontro dos envolvidos na ação. De lá, o grupo de voluntários segue para o manguezal.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas