Niterói decreta que quem escolher vacina terá que aguardar repescagem

Medida pretende acabar com os 'sommeliers de vacina"

Escrito por Redação 30/07/2021 15:54, atualizado em 30/07/2021 16:59
O cidadão que se recusar ou desistir de vacina por causa da marca deve assinar Termo de Responsabilidade
O cidadão que se recusar ou desistir de vacina por causa da marca deve assinar Termo de Responsabilidade . Foto: Divulgação

Em um novo decreto, a Prefeitura de Niterói determinou que desistam ou neguem a vacina por causa do fabricante do imunizante ou se vacinam com vacinas de marcas diferentes devem ser suspensas do cronograma de vacinação por idade e terão que esperar o calendário de repescagens. Publicada no Diário Oficial do município nesta sexta-feira (30), a medida pretende acabar com os "sommeliers de vacina". 

Os que se recusarem a se vacinar com algum imunizante terá que ser colocado em segundo plano no calendário de vacinação da cidade e devem também assinar um Termo de Responsabilidade, que deixa as autoridades cientes sobre seus posicionamentos, não deixando que a pessoa procure outros postos de vacinação.

Segundo a lei, que já vale em todo o município, se a pessoa não assinar o termo, o servidor de saúde responsável pelo pontos de vacinação deve registrar as informações sobre o fato do cidadão ter recusado a vacina, presumindo que ele aceitou assumir os riscos de ser infectado pela Covid-19. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas