Sol e frio disputam espaço em SG e Niterói na próxima semana, confira a previsão do tempo!

Animais também sofrem no frio

Escrito por Redação 30/07/2021 09:04, atualizado em 30/07/2021 10:55
A chuva, no entanto, não afetará os municípios
A chuva, no entanto, não afetará os municípios . Foto: Divulgação/ Fernando Frazão/Agência Brasil

A grande questão do gonçalense e do niteroiense essa semana é: quando o frio de 10°C irá deixar os municípios? Para aqueles que querem uma resposta rápida, o tempo começará a mudar apenas no meado da próxima semana, ou seja, o próximo sábado (31) e domingo (01) ainda serão marcados pelo frio. A boa notícia é que a chuva vai permanecer longe da região, segundo o ClimaTempo. Para entender melhor as mudanças de temperatura da próxima semana, confira a previsão do tempo abaixo!

Nesta sexta-feira (30), o tempo continua bastante gelado. A mínima em São Gonçalo chega a 11°C e a máxima a 19°C, com o céu nublado e um vento de até 9km/h. Em Niterói, os ventos chegam a 11km/h, com a temperatura variando entre 12°C e 18°C.

No sábado (31), o céu permanecerá praticamente o mesmo, sem chuva, mas com nuvens tampando o calor do sol. Por isso, ainda pode fazer bastante frio. A mínima em São Gonçalo vai chegar a 10°C nesse dia e a máxima será de 21°C. Em Niterói, a mínima será de 11°C e a máxima de 20°C.

No domingo (01), o tempo ficará da mesma forma. Em São Gonçalo, a mínima será de 11°C e a máxima de 22°C, ou seja, podem haver momentos quentes durante o dia. Em Niterói, a mínima será de 12°C e a máxima de 21°C.

Na segunda (02), o tempo será o mesmo. Com a mínima de 11°C em SG e a máxima de 24°C. Já em Niterói, a temperatura do dia vai ficar entre 12°C e 23°C.

Na terça-feira (03), as nuvens ainda marcarão presença em SG e a mínima será de 12°C, com a máxima de 25°C. No município de Arariboia, o termômetro marcará entre 13°C e 24°C.

A mudança de temperatura deve ocorrer na próxima quarta-feira (04), quando o céu ficará sem nuvens e o sol poderá brilhar, deixando a temperatura mais alta e o calor tomando conta da região metropolitana. Em SG, a mínima do dia será de 20°C e a máxima será de 23°C. A mesma mudança será observada em Niterói, com as temperaturas variando também entre 20°C e 23°C.

Mas, na quinta-feira (05), a temperatura cairá novamente e o céu ficará nublado. A mínima em SG chegará a 14°C e a máxima será de 24°C. Em Niterói, será mais quente, com a mínima chegando a 19°C e a máxima a 24°C.

Para aqueles que gostam do calor, no entanto, o sol deve voltar a aparecer e permanecer a partir de sexta-feira (06), durando, pelo menos, por todo o próximo fim de semana. Isso não quer dizer que nas primeiras horas da manhã não haverá um tempo frio, mas o calor também estará presente nesses dias. A mínima será de 14°C em SG e a máxima será de 28°C. Em Niterói, o termômetro ficará entre 19°C e 29°C.

No próximo fim de semana (dias 07 e 08), o sol promete se manter firme, com temperaturas máximas e mínimas acima de 20°C nos dois municípios.

Animais também sofrem com o frio denso

Cachorros, gatos, vacas e aves sofrem com o frio
Cachorros, gatos, vacas e aves sofrem com o frio | Foto: Reprodução/Internet
 

Tanto os animais domésticos quanto os grandes animais também sofrem com o frio excessivo que vem ocorrendo em todo o país e isso impacta a vida de todos. As vacas, por exemplo, e outros bichos leiteiros produzem menos leite e as aves menos ovos no frio. Por causa disso, o médico veterinário Diogo Alves da Conceição explicou que, por causa disso, o valor de produtos como carne, ovos e leite aumenta no inverno. Mas, não é só o frio que prejudica os animais. A falta de luz que ocorre quando o tempo está nublado e com menos sol afeta a produção de produtos pelos bichos. "Isso influencia diretamente as funções biológicas das aves", contou ele.

Para os donos de pets, a dica para evitar que os animais sofram nesse frio é se manter atento a sintomas de gripes e organizar uma rotina de atividades físicas com o animalzinho.

"Os primeiros sinais de que gatos e cachorros sentem frio são coriza, secreção (no focinho e nos olhos), prostração, caminhar lento, longos períodos dormindo, rejeição à comida e espirros. (...) Os animais, como nós seres humanos, tendem a reduzir o consumo de água no período de frio intenso e aumentar a ingestão calórica para manter-sem aquecidos. Por isso, é de bom tom, que a prática de exercícios e brincadeiras com os animais devem ser mantidas evitando o sobrepeso que é hoje uma realidade no cenário de animais de companhia", explicou ele que atua na área há 21 anos e é atualmente vice-presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV-RJ).

Portanto, o maior conselho para aqueles que possuem animais de todos os tipos é manter o bichinho vacinado e consultar o veterinário caso note qualquer problema.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas