É de Maricá! Atleta maricaense se destaca no MMA

Gabriel Pitbull participou pela primeira vez da competição Shooto Basil

Escrito por Redação 29/07/2021 21:09, atualizado em 29/07/2021 21:55
Gabriel Pitbull de 20 anos
Gabriel Pitbull de 20 anos . Foto: Fotos: Vinícius Manhães

Quarenta e três segundos foi o tempo que o atleta maricaense de Artes Marciais Mistas, o MMA, Gabriel Pitbull, precisou para nocautear o seu adversário. Participando pela primeira vez da competição Shooto Brasil, realizada no último sábado (24/07), em Santa Marta, no Rio de Janeiro, e cada vez mais próximo do Ultimate Fighting Championship (UFC), Gabriel derrotou o lutador Josielton do Pará no primeiro round. O destaque obtido por Gabriel já chamou a atenção da Secretaria Municipal de Esportes. A pasta vai implementar no município um espaço exclusivo para artes marciais. As modalidades precisam de um espaço específico porque possuem equipamentos específicos. 

“Toda modalidade esportiva precisa ser incentivada. Sabemos da importância das artes marciais no que diz respeito à disciplina, concentração, autoconfiança e autoestima da criança e do adolescente”, comenta o secretário Filipe Bittencourt. O projeto ainda está em desenvolvimento, mas a pasta espera poder iniciar em curto prazo as atividades. 

Há cinco anos na modalidade, Gabriel Pitbull, aliás Gabriel Costa, aos 20 anos já contabiliza o domínio de modalidades que garantem seu sucesso dentro do octógono. “Comecei a treinar quando tinha 15 anos, com dois meses fiz a minha primeira competição e comecei a pegar gosto. Desde essa época eu luto Muay Thai, Boxe, Luta Livre e outras modalidades que me fizeram vencer muitas lutas. Logo que entrei no MMA ganhei 6 lutas, e quando estreei no profissional, aos 18 anos, participei de 3 lutas ganhando todas no primeiro round. 

“Realmente só tenho a agradecer. Quando nós atletas estamos sozinhos tudo é mais difícil. Eu trabalho só sendo atleta, então tinha muitos gastos que complicavam um pouco para mim, ficava pesado, mas com esse apoio consegui ficar mais aliviado, o que me garante que eu me doe 100% para o esporte, com mais vontade e incentivo, eu fiquei muito feliz porque sei que agora vou crescer muito mais”, contou Gabriel Pitbull, que é apoiado pelo Banco Mumbuca, instituição contratada pela Prefeitura para gerenciar o programa Renda Básica de Cidadania (RBC).

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas