Jovem de Nova Cidade sofre com infiltração em casa após cano da Cedae estourar

Andressa já perdeu o guarda-roupa e parede corre risco de cair

Escrito por Daniel Magalhães 09/06/2021 15:38, atualizado em 09/06/2021 16:27
Problema começou há cerca de 3 dias
Problema começou há cerca de 3 dias . Foto: Arquivo Pessoal

Uma moradora da Rua Raul Brandão, em Nova Cidade, São Gonçalo, está passando por um verdadeiro sufoco por conta de um cano estourado da Cedae que passa por dentro de sua casa. A jovem Andressa Rezende e sua vó de 65 anos precisam quase que diariamente lidar com água vazando pelas paredes e secar a residência por conta dos vazamentos.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, a jovem conta o 'perrengue' que tem passado em casa.

"A Cedae quebrou as ruas de São Gonçalo e fez umas obras, e na frente da minha casa tem um cano deles. O cano provavelmente estourou por causa da pressão da água e tá entrando a água toda no meu quarto pela parede. A minha parede estufou e para evitar da parede cair, da coluna cair, evitar um desastre maior, meu tio veio aqui em casa e quebrou a parede para deixar entrar em casa mesmo, que é melhor que despencar a parede.", contou.

Ainda de acordo com Andressa, foram realizados dois contatos com a companhia estatal, mas nada foi feito. 

"Liguei para a Cedae, me deram um prazo de 72 horas, mas até agora nenhum retorno, e infelizmente não dá para esperar 72 horas porque vai acontecer uma coisa muito pior aqui na minha casa. A parede não está aguentando, a coluna da minha casa está toda torta, e estou no aguardo para ver se vem alguém aqui resolver isso", disse Andressa. 

A jovem também conta que a Cedae informou que um profissional iria à localidade às 9h desta quarta-feira (9), mas ninguém apareceu por lá. Porém, profissionais foram na rua acima da casa dela consertar outro vazamento que também havia pela rua na esperança de acabar com o vazamento em sua casa, apesar da insistência de Andressa em contar que o problema está claramente no encanamento na frente de sua residência. Também foi dito que um técnico iria ao local para quebrar a calçada e reparar o erro por volta de 12h, mas ninguém foi ao endereço. Enquanto isso, Andressa e sua vó passam os dias tirando baldes e mais baldes de água e a jovem aguarda mais perdas, como já aconteceu com seu guarda-roupa que foi totalmente danificado pelo vazamento.

Questionada, a Cedae informou que técnicos irão ao local nesta quarta-feira realizar reparo de vazamento de água causado por tentativa de ligação clandestina. Equipe da Segurança Patrimonial foi acionada para realizar levantamento no imóvel de possíveis dados a serem ressarcidos.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas