Niterói anuncia luto de três dias pela morte do ator e humorista Paulo Gustavo

Theatro Municipal do Rio de Janeiro oferece espaço para velório do ator

Escrito por Redação 05/05/2021 14:34, atualizado em 05/05/2021 07:18
. Foto: Divulgação

A prefeitura de Niterói, cidade onde nasceu o ator e humorista Paulo Gustavo, anunciou luto oficial de três dias por meio da conta do prefeito Axel Greal no Twitter.

"Niteroiense, @PauloGustavo31 sempre divulgou a imagem da nossa cidade de forma bonita e genuína, através das telas e dos palcos da vida. Vai fazer muita falta para todos nós e será sempre lembrado pelos sorrisos que arrancou de milhões de pessoas. Formalmente, decretarei 3 dias de luto em Niterói pela triste perda de @PauloGustavo31. Todo o meu carinho e solidariedade aos familiares e amigos, sobretudo à Dona Déa Lúcia, Seu Júlio Márcio e ao Thales, seu grande amor", escreveu o prefeito.

A prefeitura também convida a todos os moradores a um aplauso coletivo em homenagem ao ator.

"Hoje, às 20h, Niterói aplaude Paulo Gustavo e todos os niteroienses que se foram pela Covid-19! Paulo é filho de dona Déa e de Niterói e foi uma pessoa extraordinária, que levou o nome da nossa cidade para o Brasil e o mundo. Infelizmente ele é mais um niteroiense que perdemos para a pandemia. Junte-se a esse aplauso e vamos homenagear um dos maiores artistas da história do país!", diz a nota.

Paulo Gustavo faleceu ontem (4), às 21h12, no Hospital Copa Star, em Copacabana, Zona Sul do Rio, por complicações da Covid-19. O quadro de saúde do ator piorou na noite de domingo (2), quando sofreu uma embolia pulmonar. Antes, ele vinha apresentando melhoras significativas, quando chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e a interagir com médicos e com o marido, Thales Bretas.

No entanto, nesta terça, um novo boletim informou que o ator estava com quadro irreversível, mas mantinha os sinais vitais. Às 21h12, foi constatada a morte do ator.

Velório

O Theatro Municipal do Rio de Janeiro ofereceu, ainda ontem, o espaço para o velório do ator, já que ele "sempre manifestou grande apreço pelo Municipal".

"O Theatro Municipal do Rio de Janeiro lamenta profundamente a morte do ator e comediante Paulo Gustavo, de 42 anos, e esclarece que colocou o Theatro à disposição da família para o velório, seguindo todos os protocolos de segurança da Covid-19".

Até o momento, nenhum informação sobre velório e sepultamento foi confirmada pelos familiares.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas