Abrigo Cristo Redentor não recebe repasses da Prefeitura de SG há três meses

Administração está recorrendo a cestas básicas para a alimentação dos idosos

Escrito por Daniel Magalhães 30/04/2021 17:58, atualizado em 30/04/2021 18:40
Abrigo Cristo Redentor funciona há mais de 80 anos e atende 140 idosos
Abrigo Cristo Redentor funciona há mais de 80 anos e atende 140 idosos . Foto: Arquivo Pessoal

Desde o início da pandemia, o Abrigo Cristo Redentor tem sofrido com a falta de recursos para manter a casa de repousos. O abrigo, localizado no bairro Estrela do Norte, funciona como lar para cerca de 140 idosos do município e do estado, mas diante da falta dos repasses da Prefeitura, precisa recorrer a doação de cestas básicas e vaquinhas virtuais. Desta vez, além de impactar o tratamento dos internos, o problema atinge também os funcionários do espaço, que estão há 3 meses sem receber seus salários. 

"Nós estamos com dificuldades enormes. São três repasses atrasados. É alimentação que está acabando, a gente tem que comprar remédios, os idosos têm seis refeições diárias. Nós estamos ficando com os recursos escassos. Nós temos que comprar alimentos e proteínas e não sabemos como vamos fazer isso.", afirmou Ademir Nunes Corrêa, superintendente do abrigo. 

Ainda segundo Ademir, a administração do abrigo foi à Prefeitura diversas vezes para reivindicar os repasses, mas não foram recebidos em grande parte das tentativas. 

"Nós já fomos na Prefeitura dezenas de vezes, na Secretaria Municipal de Assistência Social fomos atendidos apenas uma vez, mas nos atenderam com uma série de secretários, como se a gente estivesse invadindo a Prefeitura. Alegaram que tínhamos que mudar o contrato, mas o nosso contrato tem validade até 31 de dezembro de 2021, e alegaram várias outras coisas. Foi dito que seria pago no dia 30 de abril, mas não informaram as parcelas e eles simplesmente não dão nenhuma resposta.", completou. 

Sobre o caso, a Prefeitura de São Gonçalo, através da Secretaria de Assistência Social, informou que o Fundo Municipal de Assistência Social não recebeu nenhum repasse por parte do Fundo Estadual de Assistência Social este ano. E quanto aos recursos repassados pelo Fundo Nacional de Assistência Social, esse mês houve um atraso no recebimento desta transferência financeira, e tão logo ocorra o repasse, a secretaria vai regularizar os pagamentos.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas