Ruas sem asfalto e esburacadas em bairros de São Gonçalo são reflexo do descaso e abandono

Alguns moradores moram na mesma rua há 30 anos e nunca viram asfalto

Escrito por Daniel Magalhães 09/04/2021 09:12, atualizado em 09/04/2021 11:40
Moradores de rua do Engenho Pequeno ficaram de fora do plano de pavimentação
Moradores de rua do Engenho Pequeno ficaram de fora do plano de pavimentação . Foto: Filipe Aguiar

Diferentes obras de infraestrutura foram iniciadas nesta semana em São Gonçalo, como as obras de pavimentação na Estrada de Ipiíba e a do Viaduto do Jardim Catarina. Obras que prometem desafogar o trânsito e melhorar a qualidade de vida dos moradores próximos as intervenções. Por outro lado, moradores de diferentes bairros do município sofrem há anos com a falta de pavimentação em suas ruas.

A Rua Geraldo Ferreira Câmara, no Luiz Caçador, é um exemplo clássico da precariedade do serviço de pavimentação na cidade que, historicamente, deixa vários moradores sem asfalto. Neste caso, apenas metade da rua foi pavimentada, enquanto a outra parte da rua não recebe obras há mais de 40 anos, como relatam moradores, que se sentem totalmente esquecidos perante o poder público.

"Aqui, uma boa parte da rua nunca viu asfalto, nada. É um pedaço totalmente abandonado pelo poder público desde sempre. É como se morássemos no interior e no século passado, sem iluminação, sem asfalto, sem segurança, sem nada", Fátima Matos, moradora do local há mais de 40 anos. "Todo ano de eleição, vem candidato a vereador prometer obras aos moradores e depois somem. Somente a entrada da rua recebeu cimentação, quem mora mais afastado um pouco nunca viu asfalto. Quando chove, é um mar de lama", completou. 

Alguns poucos quilômetros de distância a separam de outra gonçalense que passa pelas mesmas dificuldades. Moradora do Galo Branco, a dona de casa Adriana Quitete, lida com a falta de asfalto na frente de sua casa, enquanto grande parte da rua, mesmo que com alguns buracos, ainda tem pavimentação. Segundo ela, a parte do asfalto que foi colocada em frente a sua residência foi destruída na primeira chuva forte que caiu sobre o endereço localizado na Avenida Jornalista Roberto Marinho.

"Isso é o que a gente chama de asfalto Kinder ovo, porque é aquela camada bem fina que vai embora na primeira chuva. Todo mundo aqui na rua já subiu a calçada para quando chover, a água não entrar em casa porque isso aqui vira um rio. Quando tá sol, é poeira; quando chove, é lama". 

No Engenho Pequeno, os moradores da Rua Sebastião Garcia lamentam o descaso e esquecimento da Prefeitura. Anos atrás, grande parte da rua principal, que é transversal a esta rua, foi asfaltada. O pedaço que se estende do Engenho Pequeno até o bairro vizinho Rocha foi totalmente pavimentado e recebeu quebra-molas, já eles ficaram à deriva e sofrem com os efeitos da chuva e da lama que ficam no local. 

"A gente entende que a Prefeitura tem outras coisas para fazer, como educação, saúde, mas fica esse jogo de empurra com a barriga, falam que vai melhorar depois e nunca acontece. Aqui está totalmente esquecido", disse o mecânico Everaldo Batista, que mora na rua há mais de 10 anos. 

Questionada, a Prefeitura respondeu que "o prefeito determinou a retomada de obras paradas, a fim de otimizar a utilização dos recursos já disponíveis no município."

Completou informando que "no início do mês de março, a Prefeitura de São Gonçalo assinou  um convênio com o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER-RJ) para ampliar as obras no município. O objetivo do convênio é a melhoria da malha rodoviária do Estado, nos trechos que se encontram dentro dos limites do município, incluindo vias de acesso secundárias, vicinais, arteriais, coletoras e locais."

Segundo a Prefeitura, os bairros Luiz Caçador, Engenho Pequeno e Galo Branco estão no planejamento de obras.

Moradores de rua do Engenho Pequeno ficaram de fora do plano de pavimentação
Moradores de rua do Engenho Pequeno ficaram de fora do plano de pavimentação. Foto por Filipe Aguiar
Apesar de ser quase na rua principal, trecho no Galo Branco é totalmente esquecido
Apesar de ser quase na rua principal, trecho no Galo Branco é totalmente esquecido. Foto por Filipe Aguiar
Motoristas reclamam dos prejuízos em seus carros por conta dos buracos
Motoristas reclamam dos prejuízos em seus carros por conta dos buracos. Foto por Filipe Aguiar
A Rua Geraldo Ferreira Câmara é uma das várias em SG que nunca receberam asfalto
A Rua Geraldo Ferreira Câmara é uma das várias em SG que nunca receberam asfalto. Foto por Reprodução

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas