Fiocruz aponta que pacientes que tiveram casos leves da Covid-19 podem ter infecções severas

De acordo com a fundação, os indivíduos ainda não desenvolveram imunidade necessária para impedir o contágio

Escrito por Redação 07/04/2021 20:58, atualizado em 07/04/2021 21:50
. Foto: Divulgação/ Agência Brasil

Pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e divulgada nesta quarta-feira (07), aponta que pessoas que tiveram sintomas leves da Covid-19, podem ser mais graves na reinfecção. Segundo as informações, pacientes assintomáticos ainda não desenvolveram imunidade necessária para impedir o contágio da doença.

O pesquisador da fundação Thiago Moreno, coordenou o estudo ‘Evidência genética a resposta imunológica do hospedeiro em pessoas reinfectadas com Sars-CoV-2’, através do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS). O resultado será colocado na revista Emerging Infectious Desease (EID), em maio.

Um grupo de 30 pessoas foi acompanhada pelos pesquisadores desde março do ano passado até o fim do ano, ao qual quatro deles haviam contraído o novo vírus, e algumas infectadas pela mesma variante. De acordo com a Fiocruz, o caso de ser infectado pela mesma variante acontece devido ao indivíduo não ter criado uma ‘memória imunológica’.  

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas